Fotógrafo português fica em 3.º lugar no World Press Photo

A FOTOGRAFIA QUE NUNO ANDRÉ FERREIRA SUBMETEU AO CONCURSO FOI CAPTADA NUM INCÊNDIO DE OLIVEIRA DE FRADES


Numa edição marcada pela Covid-19, em que houve muitas fotografias relacionadas com a pandemia, o único português nomeado do concurso World Press Photo conseguiu alcançar um lugar no pódio!


O fotojornalista Nuno André Ferreira conquistou o 3.º lugar na categoria “Notícias Locais” do prémio internacional de fotografia, com um trabalho sobre um incêndio florestal, em Oliveira de Frades, tirada em Setembro de 2020.



A fotografia que deu o 3.º lugar a Nuno André Ferreira foi escolhida pelo próprio por existir um contraste entre a ternura da criança e a violência do fogo, que começou em Oliveira de Frades, em Viseu, e que alastrou pelos concelhos vizinhos.


Foram, esta quinta-feira, anunciados os 45 vencedores de 28 países, selecionados entre os finalistas das várias categorias pela organização do World Press Photo.


Para o prémio Fotografia do Ano, venceu uma fotografia intitulada de “O Primeiro Abraço”, do dinamarquês Mads Nissen.



Apesar de não ter alcançado o 1.º lugar, Nuno André Ferreira já conquistou alguns prémios na sua carreira, tal como o Prémio Rei de Espanha de Jornalismo, com uma fotografia tirada, em 2017, ao Presidente da República abraçado a um agricultor, inconsolável, vítima dos incêndios em Portugal.


  • Partilha:

Top