Anna Westerlund indignada com requisição civil à sua casa: “Estou a viver numa ditadura”

MULHER DE PEDRO LIMA PARTILHOU UM LONGO DESABAFO SOBRE A REQUISIÇÃO CIVIL DO ZMAR ECO EXPERIENCE, EM ODEMIRA, ONDE TEM UMA CASA


A mulher de Pedro Lima, que nos deixou no ano passado, partilhou a sua revolta com a requisição civil, imposta pelo Governo, do Zmar Eco Experience, em Odemira. Este é um dos destinos de eleição da família, que tem uma casa no eco-resort.


Perante o aumento de casos abrupto, em Odemira, o Governo viu-se obrigado a pedir as casas do empreendimento Zmar para receber doentes com Covid-19, que, na sua maioria, são trabalhadores das estufas locais.


A requisição temporária do eco-resort surge para garantir o confinamento obrigatório desses doentes, mas Anna Westerlund está descontente por ter de “ceder” a sua casa para o efeito.


A ceramista partilhou a sua revolta nas redes sociais, em que afirma que se sente a “viver numa ditadura”.



Na partilha que fez, Anna Westerlund mostrou-se também muito preocupada com a situação financeira do Zmar Eco Experience, que enfrenta muitas dificuldades.


  • Partilha:

Top