Estudo: portugueses são os mais dependentes das promoções

NO QUE TOCA A PROMOÇÕES, NA EUROPA NINGUÉM BATE OS PORTUGUESES.

Jéssica Santos


Quem não gosta de uma boa promoção? Há quem ande sempre à procura delas, outros deixam-se ser surpreendidos na hora do pagamento, mas não há quem não fique feliz ao ver uma redução do preço. E que o digam os portugueses.


Portugal mantém-se como o líder da dependência promocional nos supermercados e representa 31,1% das vendas totais deste setor. Abaixo está o Reino Unido, com 30,6%, e a Polónia, com 26,3%.

Esta é uma conclusão de um estudo da Kantar para a Centromarca - Associação Portuguesa de Empresas de Produtos de marca que revela mais sobre a forma de comprar dos portugueses. Por exemplo, os consumidores portugueses compram pelo menos um produto em promoção em 60% das vezes que vão às compras para o lar e Portugal é dos países onde as marcas brancas mais cresceram.




E se há coisa que os portugueses preferem são as promoções que se refletem em descontos imediatos, reduções temporárias de preço ou os chamados preços especiais. Os consumidores mais sensíveis a promoções são essencialmente jovens e casais com filhos pequenos, que compram em hiper e supermercados.


É caso para dizer que promoções nunca são demais e em cada corredor de oportunidades para ver o preço reduzido a probabilidade de encontrar um português é muito alta.


  • Partilha:

Artigos Recomendados
Top