Porque é que às vezes tens necessidade de estar sozinho?

TIRAR UM TEMPO PARA NÓS MESMOS PODE SIGNIFICAR VÁRIAS COISAS E UMA DELAS É EXPLICADA NESTE ESTUDO


És daquelas pessoas que troca facilmente uma saída com amigos por uma noite a ver um filme? Preferes o sossego, a calma e o silêncio à agitação, ao burburinho e ao barulho? Gostas de estar no teu canto e assim que alguém te incomoda ficas com os “cabelos em pé”? Calma! Não estás sozinho...


Guardar um tempo só para estares contigo é normal e acontece quase a todos. Até mesmo as pessoas mais sociais que conheces precisam dos seus dias, em que o silêncio e a calma imperam.


Só que por detrás desta necessidade de quereres estar sozinho existe uma explicação. E acredita... é um bom motivo!


As pessoas que costumam gostar mais de estar sozinhas do que de socializar com outras são, segundo um estudo, mais inteligentes.


Ora, vamos lá descodificar isto!


Um estudo feito por psicólogos da London School of Economics, publicado na revista científica British Journal of Psychology, concluiu que as pessoas mais inteligentes são mais felizes sozinhas.



Para se chegar a esta conclusão, foram entrevistadas mais de 15 mil pessoas entre os 18 e os 28 anos. Entre o grupo, as pessoas com um QI mais elevado afirmaram que se sentem mais felizes quando estão com pequenos grupos ou mesmo sozinhas.


Isto também se aplica às áreas onde vivem, uma vez que as pessoas que habitam em zonas mais povoadas dizem sentir-se menos felizes e satisfeitas.


O que poderá explicar este fenómeno é justificado, segundo os psicólogos, pela Teoria da Savana. É isso mesmo! Estamos a falar de selva, mas, lá está, existe uma explicação.


Apesar de sermos, atualmente, seres sociáveis, os psicólogos acreditam que algumas pessoas reagem às situações como os seus antepassados e replicam comportamentos que estão associados a períodos em que a sociedade vivia na savana. Isto quer dizer que, na altura, os grupos sociais eram compostos por poucas pessoas e, na realidade, já eram felizes assim.


Apesar da evolução humana, o estudo aponta para a possibilidade de o cérebro das pessoas com uma maior inteligência não se ter moldado e adaptado tão bem ao estilo de vida moderno e tal facto pode explicar a razão de se sentirem mais confortáveis e felizes quando estão sozinhas ou perante um grupo reduzido de amigos.


Apesar desta conclusão, milhares de pessoas não dispensam a companhia de um amigo ou de um familiar (ou até de vários!). Independentemente do QI, é sempre reconfortante saber que se tem alguém quando se precisa de uma palavra amiga!


  • Partilha:

Top