Há 50 anos, os portugueses comiam mais vegetais do que agora

ENTRE 1965 E 2016, QUE MUDANÇAS TIVERAM OS HÁBITOS ALIMENTARES DOS PORTUGUESES?


A perceção que temos hoje em dia é de que há uma maior procura por uma alimentação saudável e biológica e cada vez mais pessoas aderem a diferentes regimes alimentares. Isto, traduzido por miúdos, pressupõe pratos coloridos, onde os vegetais ganham um grande protagonismo.


No entanto, a realidade parece ser outra.

Há 56 anos, os portugueses comiam muito mais vegetais comparativamente a 2016. Foi feita uma análise e concluiu-se que, em 1965, a alimentação dos portugueses era 19% animal, e 81% vegetal, enquanto que, em 2016, era 34% animal e 66% vegetal.



Também comiam mais fruta, menos açúcares, óleos e gorduras, e menos café e chocolate. Hoje em dia, comemos mais lacticínios, carne, peixe e ovos do que o recomendado e menos hortícolas, fruta e leguminosas.


Mudam-se os tempos, mudam-se as vontades.
Os hábitos alimentares das pessoas acompanham também o meio em que se inserem. Apesar de os dados não fazerem referência a 2021, o panorama não será muito diferente do traçado para 2016. Em 56 anos, muita coisa mudou e isso refletiu-se na hora de pôr comida no prato.


  • Partilha:

Top