A capa dos Nirvana não é a única com processos. Vampire Weekend é um outro caso

O BEBÉ NIRVANA NÃO É O ÚNICO A PROCESSAR BANDAS E MÚSICOS


Pedir desculpa em vez de pedir licença terá acontecido também em outros casos, para além do já conhecido processo do bebé na capa do disco dos Nirvana.

O caso de Elden - agora com 30 anos - está a correr pelas vias competentes, acompanhado por juristas especializados na área.

Sucede que este não é caso único.

Em 2010, Ann Kirsten Kennis, cuja fotografia está na capa do disco “Contra” da banda Vampire Weekend, entrou com uma ação contra o grupo de músicos, ainda contra a editora e o fotógrafo. Pediu uma indeminização de 2 milhões de dólares por ter sido publicada uma fotografia sua captada nos anos 80, numa polaroid, de que, diz, não se lembrava sequer. A banda e a queixosa chegaram a um acordo e o processo terminou assim.



Também os Rolling Stones se depararam com idêntica questão com a capa do álbum “Some Gilrs”.

Foi um típico caso de pedir desculpa depois, em vez de pedir licença antes. O designer Peter Corriston inspirou-se numa publicidade de perucas para produzir uma montagem que satirizava as celebridades.

Nesta imagem apareciam várias estrelas de então. Mal o disco ficou disponível, as atrizes Raquel Welsh, Lucille Ball, Farah Fawcet e Liza Minelli, em nome da mãe Judy Garland, manifestaram vontade efetiva em mover ações contra o uso das imagens das atrizes em questão.

A 1ª edição do álbum foi retirada das lojas de imediato.



Já os Beatles foram bem mais cuidadosos.

A capa do disco Sgt. Peppers Lonely Hearts Club Band foi produzida com a colagem de várias caras. Então, a secretária de Brian Epstein, manager dos Beatles, contactou, durante vários dias, as pessoas escolhidas para a produção.

Apenas os que autorizaram ficaram na capa. Conta-se, no entanto, que o cantor Dion DiMucci, um músico norte-americano da banda Dion and the Belmonts, não terá sido contactado.

Mas este eventual esquecimento da secretária não trouxe qualquer tipo de problemas e o disco saiu para as lojas.


  • Partilha:

Artigos Recomendados
30 anos depois, bebé de capa d...30 anos depois, bebé de capa dos Nirvana processa-os por pornografia infantilO FAMOSO BEBÉ QUE FOI O PROTAGONISTA DO ÁLBUM “NEVERMIND” AFIRMA QUE ESTE LHE CAUSOU UM “SOFRIMENTO EMOCIONAL EXTREMO”maisLisboa é eleita a cidade menos...Lisboa é eleita a cidade menos honesta de 16 cidades mundiaisNUMA LISTA DE 16 CIDADES MUNDIAIS, LISBOA APARECE EM ÚLTIMO COMO A CIDADE MENOS HONESTAmaisQuase 40 anos depois, os Abba ...Quase 40 anos depois, os Abba estão de volta. Ouve aqui as novas cançõesA BANDA SUECA QUE FEZ SUCESSO NOS ANOS 70 ESTÁ DE VOLTA COM UM NOVO ÁLBUM, QUE ESTREIA EM NOVEMBROmaisLa Casa de Papel. Estreia hoje...La Casa de Papel. Estreia hoje a 5ª e última temporadaÉ HOJE, DIA 3 DE SETEMBRO, QUE ESTREIA A 5ª TEMPORADA DA FAMOSA SÉRIE ESPANHOLAmais“O melhor beijo da ficção naci...“O melhor beijo da ficção nacional é …” Sofia Ribeiro revelou tudo na RFMA ATRIZ DE " A HERDEIRA" E "AMAR DEMAIS" FOI CONVIDADA DO WI-FI DA RFMmaisAqui estão os primeiros 15 min...Aqui estão os primeiros 15 minutos da 5ª temporada de La Casa de PapelPARA ABRIR O APETITE AQUI ESTÃO AS PRIMEIRAS CENAS DA 5ª TEMPORADA DE LA CASA DE PAPELmaisSacos de pano ou de papel são ...Sacos de pano ou de papel são mais amigos do ambiente? Afinal, não é bem assimUM ESTUDO ANALISOU O NÚMERO DE UTILIZAÇÕES E IMPACTO AMBIENTAL DA PRODUÇÃO DE CADA TIPO DE SACO E CHEGOU A CONCLUSÕES SURPREENDENTESmaisVacas a “voar”? Sim, nos alpes...Vacas a “voar”? Sim, nos alpes suíçosESTA É UMA TRADIÇÃO QUE ACONTECE TODOS ANOS NOS ALPES SUÍÇOSmaisA história inspiradora de Nadi...A história inspiradora de Nadia Ghulam: fingiu ser um homem para sobreviver aos talibãsDURANTE 10 ANOS, NADIA GHULAM FINGIU SER O IRMÃO FALECIDO PARA AJUDAR A FAMÍLIA E SOBREVIVER AOS TALIBÃSmais
Top