China bane reality shows e programas com “influenciadores vulgares”

MUITOS PROGRAMAS DE TELEVISÃO VÃO PASSAR A SER LIMITADOS OU MESMO BANIDOS NA CHINA

Madalena Costa


Na China, os últimos dias têm sido marcados por ainda mais limitações e regras.


Recentemente, o país ordenou que as crianças menores de 18 anos só podem jogar uma hora aos fins de semana e feriados, tendo apelidado os videojogos como “drogas eletrónicas”.


Agora, as limitações e imposições estendem-se aos programas de televisão, nomeadamente aos reality shows. Nestes, os espectadores são levados a votar nos seus candidatos favoritos e muitos acabam por ficar obcecados pelos mesmos.



Perante isso mesmo, a China decidiu que as “redes de televisão e as plataformas online não devem continuar a exibir programas que promovam a idolatria nem reality shows”, tal como a Administração Nacional de Televisão e Rádio explicou, citada pelo jornal "City A.M".


E mais! A Administração Nacional de Televisão e Rádio revelou ainda que vai incentivar a estabelecer “critérios de beleza corretos e banir homens efeminados e influenciadores vulgares”, uma vez que a China pediu que as emissoras passassem a exibir uma imagem mais masculina dos homens.


Com a limitação ou mesmo a exclusão destes programas das televisões, a China pretende “promover vigorosamente a excelência da cultura tradicional chinesa".


Ao mesmo tempo que as horas em que se joga são controladas, também os programas de televisão vão sofrer várias alterações!


  • Partilha:

Top