Miguel Sousa Tavares sugere que jovens recebem 2700 euros e gera polémica

O MOMENTO ACONTECEU DURANTE UMA ENTREVISTA AO PRIMEIRO-MINISTRO E ESTÁ A DAR QUE FALAR

Madalena Costa


Foi numa entrevista ao primeiro-ministro, António Costa, esta segunda-feira, que Miguel Sousa Tavares sugeriu que um jovem altamente qualificado receberia 2700 euros como ordenado no seu primeiro emprego.


Apesar de o primeiro-ministro ter confrontado Miguel Sousa Tavares, dizendo que um “jovem altamente qualificado não tem como primeira oferta de emprego esse salário nem nada que se pareça", o comentador da TVI voltou a dar esse exemplo hipótetico, que acabou por gerar polémica.



Poucas horas depois, a afirmação já estava a dar que falar nas redes sociais e a gerar muito burburinho. Muitos portugueses questionavam-se como é que o comentador da TVI poderia colocar essa hipótese, uma vez que essa não é a realidade.


Uma das primeiras a comentar o sucedido foi Alberta Marques Fernandes, jornalista da RTP, que se perguntou “em que mundo vive Miguel Sousa Tavares?”.



A seguir à jornalista, sucederam-se muitos comentários indignados com a afirmação que acabou por se tornar viral, uma vez que a realidade está bem longe daquilo que Miguel Sousa Tavares afirmou.



A par da indignação e das críticas, houve também espaço para algum humor sobre o tema.


  • Partilha:

Top