Tem 105 anos e é a primeira mulher a correr 100 metros

JULIA HAWKINS DESAFIOU A SUA PRÓPRIA IDADE E CORPO E PROVOU QUE, AOS 105 ANOS DE IDADE, AINDA É POSSÍVEL CORRER 100 METROS


Correr 100 metros pode não parecer um grande feito para a maioria das pessoas, a menos que tenham 105 anos.

Primeiro, chegar a esta idade já é um verdadeiro feito. Depois, chegar a esta idade e ainda ter capacidade para correr 100 metros é um autêntico recorde.

E foi isso que Julia Hawkins fez. Provou que era capaz e tornou-se na primeira mulher na faixa etária centenária a alcançar esta meta e a entrar no livro de recordes dos Jogos Olímpicos Seniores de Louisiana, nos Estados Unidos.



Foi preciso apenas 1 minuto e 3 segundos para Julia Hawkins chegar à meta e completar este desafio. Ao seu lado, a correr, estavam também duas antigas alunas, de 89 e 90 anos, a quem deu aulas nos tempos em que era professora. As três estavam ali para mostrar que a idade pode ser só um número e que é possível fazer frente à gravidade e estar em forma.


Este não foi o primeiro recorde que alcançou - aos 101 e 103 anos conseguiu o mesmo feito - e também não será o último. Assim que terminou a corrida, mencionou logo que estaria ali no próximo ano para fazer o mesmo.


Conhecida na sua comunidade por furacão, Julia Hawkins diz que o segredo para chegar aos 105 anos com esta energia e boa forma são os dois/três quilómetros que faz todos os dias e o amor pela família e amigos.


  • Partilha:

Top