Foi assim, há 43 anos, o primeiro concerto dos Xutos e Pontapés.

13 DE JANEIRO É A EFEMÉRIDE QUE OS XUTOS GOSTAM DE ASSINALAR. EM 2011, ZÉ PEDRO CONTOU À RFM TUDO SOBRE ESTA DATA FELIZ.

Teresa Lage


Foi há 43 anos, a 13 de janeiro de 1979 que os Xutos e Pontapés atuaram pela primeira vez ao vivo.

Esta é, para a maior banda rock portuguesa de sempre, a data que assinala o princípio da sua carreira e merece ser festejada todos os anos pelo grupo e pelos seus fãs.

Em 2021, os Xutos assinalaram assim a data no seu instagram.



Os Xutos e Pontapés deram o seu primeiro concerto dia 13 de janeiro de 1979, na comemoração dos "25 anos do Rock and Roll", na sala dos Alunos de Apolo, em Lisboa.

Foi assim, numa entrevista à Teresa Lage em 2011, no Hard Club, no Porto, durante as celebrações dos 32 anos dos Xutos e Pontapés, que Zé Pedro contou a aventura que foi o primeiro concerto dos Xutos.


 


Esta história contada por Zé Pedro à RFM aparece citada na autobiografia dos Xutos e Pontapés " à Minha Maneira" Vol.II 2000-2020, compilada por Ana Ventura, em novembro de 2020.



A 13 de janeiro de 1979, no salão de baile dos Alunos de Apolo, em Lisboa, às 3h00 da manhã, os Xutos e Pontapés estreavam-se ao vivo, tocando 4 músicas em pouco mais de 5 minutos!

No dia seguinte, o grupo era citado no programa de rádio "Os Caminhos do Rock" como sendo uma banda punk.

No entanto só em dezembro de 1981, já com o baixista Tim como vocalista, é que os Xutos e Pontapés lançaram, num concerto no "Rock Rendez Vous", o seu primeiro single “Sémen / Quero mais”.

Nesse ano o grupo ganhou o prémio de "banda revelação" no programa "Rotação" de António Sérgio, na Rádio Renascença.

"Xutos e Pontapés 78-82", o primeiro álbum dos Xutos, foi editado em abril de 1982 mas, só em 87, com o LP "Circo de Feras", é que os Xutos tiveram direito ao seu primeiro "disco de prata".

De então para cá, os Xutos e Pontapés nunca mais pararam tornando-se a maior banda portuguesa de Rock’n Roll.

Em 2007, a banda de Tim, Zé Pedro, Gui, João Cabeleira e Kalú comemorou 20 anos de "Circo de Feras".

Durante o ano de 2009, a RFM foi a rádio oficial das comemorações dos 30 anos de Xutos que levou a banda a todo o país e culminou com um grande concerto em Lisboa, no estádio do Restelo.

Em janeiro de 2012, a RFM partilhou a festa de aniversário com os Xutos e Pontapés que, com um concerto ao vivo nosso auditório, assinalaram os seus 33 anos e os 25 anos da RFM.



Em 2014, para comemorar os seus 35 anos, os Xutos e Pontapés lançaram "Puro", o 13º álbum de originais de Tim, Zé Pedro, Kalú, Gui e João Cabeleira.

Este seria o ultimo álbum de originais do grupo editado ainda em vida de Zé Pedro que nos deixou a 30 de novembro de 2017.

Em 2019, 40 anos depois do seu primeiro concerto, foi com o novo álbum “Duro” que a maior banda de rock portuguesa assinalou 4 décadas de vida.

No início de 2018, pouco depois da morte de Zé Pedro, a banda anunciou que iria continuar e que incluiria num próximo disco temas que o músico tinha gravado em 2017.

"Duro" foi editado a 18 de janeiro de 2019.

Em 2022, Os Xutos fazem novamente a festa no Porto. O grupo celebra o seu aniversário com 2 concertos, dias 13 e 14 de janeiro na Super Bock Arena - Pavilhão Rosa Mota, com a Orquestra Filarmónica Portuguesa.


  • Partilha:

Top