O site da RFM utiliza cookies. Ao navegar está a concordar com a sua utilização.
Saiba mais sobre o uso de cookies.Fechar

10 países a visitar em 2018 e Portugal faz parte da lista

Pode parecer estranho – e tão rápido - mas estamos praticamente a chegar a 2018 e se calhar até já fazes alguns planos para o próximo ano.

A RFM aposta que, entre as tuas resoluções para 2018, tens uma lista de desejos na cabeça! Acertámos? E um dos teus desejos é, muito provavelmente, viajar. Acertámos, de novo, não foi?

Estes são os 10 países a visitar em 2018 e Portugal é um deles.

Por isso, se não der ainda para ires a um dos outros 9 países, fixa que vives num deles, o que é, para além de um enorme orgulho, um privilégio gigante!

A RFM deixa-te aqui algumas das razões pelas quais estes 10 países devem ser visitados em 2018.


1. Chile

O Chile é um país lindíssimo da América do Sul, isolado pelos Andes a leste, o grande Oceano Pacífico a oeste, o deserto de Atacama a norte, e a maravilhosa e selvagem Patagónia a sul. O Chile assinala, em 2018, 200 anos de independência. Se andas há anos para fazer esta viagem, o próximo ano é ideal! Junta-te à festa dos chilenos e aos seus 200 anos de independência.

2. Coreia do Sul

A Coreia do Sul é, dizem muitos, uma espécie de parque infantil da modernidade. Para além de merecer só por isto uma viagem, em 2018, a Coreia do Sul recebe os Jogos Olímpicos de Inverno, em Pyeongchang, e ainda uma nova linha ferroviária de alta velocidade para transportar pessoas de todo o país e do mundo para os Jogos. Se és amante de neve e de desportos de inverno, que tal concretizares, agora em 2018, a tua viagem de sonho à Coreia do Sul?

3. Portugal

Portugal é, segundo o resto do mundo, um centro dinâmico de arte, cultura e gastronomia. Foram vários os museus, artisticamente desenhados, que abriram nos últimos anos e que merecem ser visitados no ano que vai começar. Sete novos restaurantes receberam estrelas Michelin em 2017 e mais de 300 praias obtiveram a cobiçada classificação de Bandeira Azul. Todos falam de Portugal como um dos destinos a visitar em 2018. Lá fora, dizem que o nosso Portugal está na moda e que o próximo ano é perfeito para viajar até cá!


4. Djibouti

A pequena nação de Djibouti é um país geologicamente muito apetecível! Fica na África Oriental, mais precisamente a leste do golfo de Áden, na “boca" do mar vermelho.
Os desertos, parecidos com os de Marte, deitam vapor e as margens de vários lagos brilham com enormes cristais de sal. Em termos geológicos, esta é uma viagem a fazer. Nas praias, são conhecidos os mergulhos incríveis junto de tubarões-baleia. Em Djibouti, diz quem sabe, a mãe natureza vai estar no seu melhor em 2018.

5. Nova Zelândia

Há já alguns anos que a Nova Zelândia começou a atrair os amantes da aventura. Um espetacular conjunto de trilhas, o Great Walks, estimulou a exploração da requintada topografia do país, levando aventureiros até à região selvagem mais extraordinária do mundo. Agora, está em construção uma nova rede de nove trilhas, uma nova Great Walk.
O Paparoa Track e o Pike29 Memorial Track, que comemora os 29 mineiros mortos em 2010, forma uma trilha magnífica através da costa oeste selvagem. Se és aventureiro e podes fazer esta viagem, 2018 é o ano para isso!

6. Malta

A longa história deste arquipélago mediterrâneo é extraordinária. Templos pré-históricos nas colinas, fortificações do século XVII na costa e vários túneis - desde catacumbas até abrigos para invasões aéreas – são de visitar! São atrações históricas com séculos e até milénios, mas Malta está a viver um “momento”. O país está a preparar Valletta para Capital Europeia da Cultura para 2018. Esperam-se festivais de cinema barroco, pop e internacionais, além de uma bienal de arte contemporânea, entre muitas outras iniciativas extraordinárias. Acrescenta-se a isto um estilo de vida descontraído, um mar quente, praias e mais de 300 dias anuais de sol.

7. Geórgia

Nesta encruzilhada do Cáucaso do Sul, a História não é uma coisa do passado, porque explica o xadrez complexo que a Geórgia faz no presente. Atual, mas orgulhoso da tradição, este é um país de receitas antigas cozinhadas em tabernas escondidas, uma das definições curiosas deste país. Faz 100 anos que a Geórgia se tornou um estado independente, na sequência da Revolução Russa. Mais uma razão para brindar a 2018, na Geórgia.

8. Ilhas Maurícias

Um autêntico postal… feito de um mar deslumbrante cor de safira, luxuosos resorts, mergulhos de coral, kitesurf, caiaque e cruzeiros de lagoa. Na época colonial, as Maurícias eram conhecidas como a "Estrela e Chave do Oceano Índico" dada a sua posição estratégica. Hoje em dia, há muitos voos e formas mais diretas de lá chegar. As glórias passadas também vão estar em destaque em 2018, porque a ilha comemora 50 anos de independência.

9. China

O país mais populoso do mundo é grande, lindo e cheio de mistério e aventura. O palácio imperial de Běijīng - a Cidade Proibida - foi atualizado nos últimos anos, e quatro salas, anteriormente restritas, estão abertas ao público. No final de 2017, o centro cultural Design Society abriu na cosmopolita cidade de Shenzhen. No século XXI, a China está para ficar e convida-te a explorares este moderno Oriente.

10. África do Sul

Praias e montanhas, vida selvagem e vinho, sem esquecer a cultural, vibrante e cosmopolita Cidade do Cabo.
A África do Sul tem sido um dos países mais atraentes do mundo. Este ano, as muitas atrações do país são reforçadas pelo "Nelson Mandela Centenary 2018: Be the Legacy", um programa oficial de eventos - desportivos, educativos e na área das artes - para honrar o lendário líder Mandela. O tema das comemorações pretende inspirar as sociedades com valores relacionados com transparência, serviço, respeito, paixão e integridade.
Agora, com mais para ver do que nunca, 2018 é um ano fenomenal para visitar a África do Sul.

PARTILHA :
Top