Onde anda o verão de São Martinho?


Parece que não temos sorte! O famoso verão de São Martinho, este ano, não dá o ar da sua graça. Ohhh! Com previsão de chuva, um pouco por todo o país, resta-nos o consolo de degustar umas castanhas à lareira.

Nesta altura do ano, uns dias antes e depois do 11 de novembro, faz habitualmente sol, interrompendo o típico tempo de outono. Chamamos a isto verão de São Martinho!



Causas meteorológicas à parte, vamos ao "verão" de São Martinho!

O responsável deste habitual bom tempo fora de época é Martinho, um cavaleiro do exército romano.

Diz que, em certo dia no ano de 337, quando Martinho regressava a casa, num dia gelado e tempestuoso, encontrou um mendigo que lhe pediu uma esmola. Martinho não tinha consigo nada que lhe pudesse dar. Resolveu, então, tirar das suas costas o manto de soldado romano e cortá-lo ao meio.

Deu metade da capa ao humilde pedinte, que a ela se enrolou, protegendo-se do terrível frio que se fazia sentir naquele dia. Nesse instante, a tempestade parou e um sol extraordinário brilhou no céu. Ficou conhecido como o milagre de São Martinho.


O dedicado cavaleiro romano abandonou, depois, o exército e a guerra e seguiu a vida religiosa como São Martinho. Foi um dos responsáveis por espalhar a fé cristã pela Gália, a atual França.

Diz-se que protege os alfaiates, os cavaleiros, os soldados, os pedintes e os produtores de vinho!
São Martinho está sepultado na cidade francesa de Tours e festeja-se o seu dia a 11 de novembro, normalmente com bons raios de sol e, em Portugal, com castanhas e água-pé.

Noutros países, fazem-se outro tipo de celebrações. Nalgumas zonas da Alemanha, por exemplo, acendem-se fogueiras e em certos locais de Itália e de França, comem-se igualmente castanhas.

Boas castanhas, onde quer que estejas, e bom São Martinho!

  • Partilha:

Top