Regresso da Carolina Camargo depois da maternidade

Será que a Maria vai dormir? Será que vai comer bem? Será que vai sentir a minha falta?

A experiência que tenho com o João Maria (que tem agora dois anos) diz-me que sofremos mais nós (mães) do que eles. Ainda assim sinto o coração apertado.

Mas, está na hora de tirar o pijama (passei demasiado tempo de pijama nos últimos meses) e fazer o que tanto gosto. Voltar à rádio é também recuperar uma parte de mim. Não sei viver sem isto. Portanto, ao final da tarde, deixa-me levar-te a casa. Prometo grandes músicas e espero que me digas o que queres ouvir no “TOP 6 às 6”.


Se também já sentiste o mesmo do que a Carolina Camargo ou tens alguma experiência deste tipo para partilhar envia um email para cenasparvas@rfm.pt

  • Partilha:

Top