Caracóis... esse petisco português

É UM PETISCO PORTUGUÊS QUE FAZ AS DELÍCIAS DE MUITOS EM ESPLANADAS E COM AMIGOS

Ana Margarida Oliveira


São poucos os portugueses que não se pelam por um “pratinho” de caracóis e quase todos têm um lugar ou uma tasquinha preferidos onde, na esplanada, se deleitam em tardes quentes a comê-los. Mesmo a desconfinar, foram muitos os portugueses que encomendaram caracóis em versão take away.


Este é “O” petisco do verão português e, na verdade, só fica completo quando a malta vai com um grupinho de amigos.


A época dos caracóis já abriu, claro, e vai mais ou menos de maio a setembro ou até haver calor.

Em anos de Europeu ou de Mundial de futebol, é já uma rotina vermos os jogos nas esplanadas, com pratinhos de caracóis, amontoando-se… e a respetiva bebida, bem tirada e bem fresquinha, à frente! Não fora a Covid e este seria um ano de Campeonato Europeu com caracóis!

Em anos sem futebol, é uma rotina na mesma!



Apesar da produção de caracóis, em Portugal, estar a subir, sobretudo a norte do nosso país - onde este petisco é menos consumido do que a sul – os caracóis, que se comem no nosso país, vêm sobretudo do norte de África, em particular de Marrocos.

É de uma zona a 200 quilómetros a sul de Tanger que chegam os caracóis para fornecer muitos cafés, tasquinhas e restaurantes portugueses.



Os caracóis são basicamente compostos por água e são ricos em proteínas e pobres em gorduras.

É considerado um alimento bastante nutritivo mas com poucas calorias, apenas cerca de 100 kcal por 100 gramas.

Claro que se acompanhares os caracóis com pão, torradas com manteiga e bebidas, ou várias bebidas, aumentas as calorias do teu petisco… mas não as dos caracóis!

Não te esqueças de levar a máscara e de ter os devidos cuidados.

Uma coisa é certa! Muitos trocam qualquer coisa por um pratinho de caracóis!!!!



  • Partilha:

Top