U2 - Um concerto com Bandeira Azul


Na sua nova digressão europeia os U2 decidiram agitar uma bandeira transgressora.

“Passar de uma ideia para um sentimento” é a nova provocação dos U2

No inicio da digressão europeia, em Berlim, Bono explicou porque é que a bandeira da Europa aparece nos concertos do grupo.



No inicio da digressão europeia, em Berlim, Bono explicou ao jornal alemão Frankfurter Allgemeiner porque é que a bandeira da Europa serve de cenário aos novos concertos do grupo.

“Dizem que uma banda rock atinge o seu melhor quando transgride um pouco: quando força barreiras do chamado bom gosto, quando choca e surpreende. Os U2 estão a arrancar agora em Berlim com a nova digressão europeia e tivemos uma das nossas ideias mais provocadoras: durante o concerto vamos desfraldar uma enorme bandeira da União Europeia. Acho que hoje mesmo para o publico de um concerto de rock uma bandeira da Europa é uma coisa muito pouco cool chata, uma referencia kitsch ao festival da Eurovisão, mas para muitos de nós tornou-se um ato radical. A Europa cujo conceito durante muitos anos nos fazia bocejar, hoje é teatro de forças poderosas e emotivas em que vai ser definido o nosso futuro. Falo no nosso futuro porque acho que estamos todos no mesmo barco navegando em mares ameaçados por mau tempo e políticos extremistas

Hoje em dia é difícil vender a Europa. ..isto apesar de nos últimos 50 anos a Europa ter sido o melhor sitio para nascer….Apesar de termos de trabalhar mais para dividir os benefícios dessa prosperidade, os europeus gozam de uma melhor educação, proteção de abusos por parte de grandes empresas e vivem uma vida mais longa saudável e feliz que a maior parte dos habitantes de outras partes do mundo”



Bono diz que “pertencer á comunidade europeia ajudou os irlandeses a tornarem-se melhores e mais confiantes. Quanto mais perto a Irlanda do Norte e do Sul ficaram da Europa mais perto ficaram uma da outra…derrubando antigas barreiras. A Irlanda percebeu que ao trabalhar com outras nações se tornava mais poderosa do que sozinha.



Como europeu, Bono orgulha-se da maneira como os alemães receberam os aterrorizados refugiados sírios, da luta europeia para acabar com a pobreza e problemas climáticos …e de testemunhar o maior período de sempre de paz e prosperidade de sempre no continente europeu

No entanto segundo o vocalista dos U2 “estas conquistas estão a ser ameaçadas porque o respeito pela diversidade- premissa de todos o sistema europeu – está a ser posto em causa. A diferença é a essência da humanidade e deve ser respeitada, celebrada e até cultivada. A palavra patriotismo está a ser roubada por nacionalistas e extremistas defensores da uniformização. Para Bono a” ideia da Europa merece ser defendida em canções e grandes bandeiras azuis. Para resistir a estes tempos difíceis a Europa precisa de passar de uma ideia a um sentimento


  • Partilha:

Top