BRADLEY COOPER “ROUBADO” NAS NOMEAÇÕES AOS ÓSCARES

São finalmente conhecidas as nomeações da Academia para os prémios de cinema mais famosos do mundo!

E sim, Lady Gaga está nomeada para o Óscar de Melhor Actriz. Agora que já despachámos esta nomeação (diga-se justíssima) vamos partir para os restantes nomeados.
Utilizando uma terminologia do boxe, se os Óscares são o “Main Event”, estas nomeações são uma espécie de combate preliminar, onde também já se pode falar de vencedores e vencidos.




A Star is Born

Uma estreia de luxo para Bradley Cooper e Lady Gaga. De certeza que ainda andas a cantarolar “Shallow”, sendo que agora andas a cantarolar uma das nomeadas para o Óscar de Melhor Música. A Star is Born está nomeado para mais 7 categorias, entre elas Melhor Filme, Melhor Actriz (Lady Gaga) e Melhor Actor Principal (Bradley Cooper). Mas… e a nomeação para Bradley Cooper como Melhor Realizador? Ficou na gaveta. Shame.


Vice

Um filme RFM sobre as tropelias de Dick Cheney durante a presidência de George W. Bush. Conta com (mais uma) transformação física notável de Christian Bale que engordou quase 20 quilos para interpretar o ex-vice. Conseguiu 8 nomeações, entre as quais Melhor Filme.


Black Panther

A provar que os super-heróis estão bem, e recomendam-se, o filme da Marvel alcançou 7 nomeações, entre elas Melhor Filme e Melhor Canção Original com “All of The Stars.” Um marco importante, numa Hollywood que se espera cada vez mais inclusiva.


Bohemian Rhapsody

Aquilo em que os fãs sempre acreditaram aconteceu: Bohemian Rhapsody foi mesmo nomeado para o Óscar de Melhor Filme! A interpretação de Rami Malek, como o imortal Freddie Mercury, também foi reconhecida pela Academia com uma nomeação para Melhor Actor. Esteja onde estiver, Freddie Mercury estará orgulhoso.


Roma

Um dos grandes favoritos à vitória final sai das nomeações com as suas hipóteses bem vivas. Parte para a cerimónia como o filme mais nomeado com 10 nomeações. As que interessam estão lá todas: Melhor Filme, Melhor Realizador, Melhor Actriz, Melhor Argumento Original. Para além disso pode alcançar algo que nunca nenhum filme alcançou: Vencer, simultaneamente, o Óscar de Melhor Filme e de Melhor Filme Estrangeiro.


Surpresas


If Beale Street Could Talk

Seguir o sucesso de um filme como Moonlight não pode ser fácil e, apesar de não repetir as nomeações para Melhor Filme ou Melhor Realizador, Barry Jenkins consegue que If Beale Street Could Talk seja nomeado para Melhor Argumento Original. Para além disso Regina King está nomeada para Melhor Actriz Secundária. Nos cinemas, com a RFM, a partir de 21 de Fevereiro.


Never Look Away

Mais um filme RFM, Never Look Away conta uma história que vale a pena conhecer: a de Gerhard Richter, um dos pintores alemães mais importantes da História e de como a sua arte e expressão pessoal sobreviveram ao regime nazi. Está nomeado para Melhor Filme Estrangeiro e Melhor Cinematografia.


Derrotados

Na realidade não existem. Os filmes nomeados acabaram por ser aqueles que, há meses, apresentam o rótulo de “favoritos”. Talvez “A Balada de Buster Scruggs” ou “First Reformed” acalentassem uma hipótese remota de serem nomeados para Melhor Filme, o que acabou por não acontecer.


Tudo somado, vais poder ver com a RFM vários nomeados aos Óscares: If Beale Street Could Talk, A Star is Born, Vice, Ralph Breaks the Internet, The Wife, The Incredibles 2, Solo: A Star Wars Story e Never Look Away.
Aqui fica a lista completa de nomeações para os Óscares 2019!


A RFM está contigo Bradley!

  • Partilha:

Top