És Silva? Fica a saber a história do teu apelido!


O nome SILVA é o mais comum dos apelidos portugueses e descende de um nobre.



A grande maioria dos portugueses tem mais do que um apelido e Silva é o que é mais comum de todos.

Quer em versão “solitária” quer “em parelha” como, por exemplo, Sousa e Silva, Pinto da Silva, Oliveira e Silva ou Pereira da Silva, Silva é o que está em 1º lugar da lista dos apelidos mais frequentes em Portugal.

Existem, segundo parece, cerca de 900 mil Silvas. É muito Silva! E só por isto vamos escavar e perceber de onde vem este nome e porque é que é tão frequente!

O nome Silva vem do latim e tem uma origem clara na toponímia. Quer dizer selva, bosque ou floresta.

O apelido Silva pertence a uma das mais ilustres famílias do reino de Leão e julga-se que descende do nobre D. Payo Guterres da Silva que viveu de 1070 a 1129. Só para te situares no tempo, o Condado Portucalense existiu de 868 a 1139, ano em que D. Afonso Henriques se proclamou rei de Portugal, depois da Batalha de Ourique.

Esta nobre família Silva tinha solar na Torre e Honra de Silva.



Situada exatamente a meio caminho das freguesias de São Julião e Silva, no concelho de Valença, no Minho.



Certo é que, durante toda a Idade Média e até ao século XVII, Silva é sem dúvida um dos apelidos mais nobres de Portugal, descendendo diretamente da dita família nobre de Leão.

Há até quem diga também que esta nobre família leonesa Silva descendia dos Sílvios, de Roma antiga, uma família que provinha diretamente do lendário herói Eneias. Não há, porém, ao que dizem os estudiosos, nada que efetivamente comprove a ligação dos Silvas aos Sílvios.


O que se diz é que, depois do século XVII, o apelido Silva se espalhou pelo país fora e além de Portugal já que, por exemplo, no Brasil, é igualmente um apelido muito frequente.


E uma das razões é muito curiosa! Diz-se que, a partir do século XVII, quando os portugueses se começaram a espalhar pelo mundo, procurando novas vidas nas terras conquistadas na sequência dos Descobrimentos, adotavam o apelido Silva numa tentativa de cortar com o passado. Tirando as pessoas que a partir desta altura terão inventado que se chamavam Silva, os outros são muito provavelmente descendentes da família de Payo Guterres da Silva.


Quanto ao brasão, os Silvas vão precisamente buscar as armas à casa dos reis de Leão. Têm por esta razão, o fundo em cor prata e um leão encarnado ou púrpura.


Todos os muitos milhares de Silvas em Portugal, espalhados pelo mundo ou estrangeiros com o apelido Silva, sabei que a origem do nome vem de um nobre da casa de Leão que se instalou por cá, com solar nas freguesias de São Julião e Silva.


VIVA OS SILVAS!!!

  • Partilha:

Top