Afinal quem é Conan Osiris que vai representar Portugal na Eurovisão?

Grande parte de Portugal conheceu-o dia 16 de fevereiro, durante a 1ª semifinal do Festival da Canção. De repente, um rapaz com adornos dourados na face, passos de dança resolvidos, voz ululante e uma letra sobre telemóveis pisa o palco e suscita a curiosidade de todos. A diferença, a curiosidade ou a letra sobre os telemóveis que se partem e nos matam aos poucos, fez com que passasse à final e a acabasse por ganhar, este domingo, na Arena de Portimão.

O espetáculo, apresentado por Filomena Cautela, Vasco Palmeirim e Inês Lopes Gonçalves terminou com a vitória dos Telemóveis, a música composta e interpretada por Conan Osíris.

Ganhou em pleno, com o voto do público e das regiões portuguesas - só o Algarve não lhe deu a pontuação máxima, os 12 pontos.


Mas afinal, quem é Conan Osiris?

Nascido Tiago Miranda, Conan Osiris pode só agora ter chegado à tua atenção, mas nas redes sociais poucos são aqueles que não conhecem os seus maiores êxitos. Titanique, Eu Adoro Bolos ou Borrego são apenas alguns exemplos de um talento que vai beber muito a António Variações mas que tem outras referências no catálogo: desde Onda Choque, a fado, passando pelo anime japonês onde foi buscar o seu nome artístico, “Conan, O Rapaz do Futuro.”

Depois de ouvires Conan Osiris é muito difícil não exclamares “Vou-me amandar (mesmo assim) do Titanique” ou assumires que, de facto, o teu problema é que adoras bolos.

Como diria Fernando Pessoa: primeiro estranha-se, depois entranha-se. E talvez seja mesmo isto que precisamos para voltar a convencer a Eurovisão. Alguém capaz de desafiar expectativas recorrendo ao óbvio: Eu adoro bolos, mas amo-te mais a ti.

  • Partilha:

Top