2 portugueses participam num filme que recebeu 1 óscar.


Domingo, dia 24, a RFM apoiou a emissão dos Óscares na Fox e uma das novidades que pudeste saber, em primeira mão, foi que 2 dos 3 portugueses que entraram em filmes nomeados para os óscares, ganharam.

Joana Niza Braga e Nuno Bento participaram no documentário “Free Solo” do National Geografic, realizado por Elizabeth Chai Vasarhelyl e Jimmy Chin, vencedor de um BAFTA, e agora também de um Óscar de "Melhor Documentário".



“Free Solo”, que estreia dia 17 de Março às 22.30h, em Portugal, no canal National Geographic, é um documentário sobre a preparação mental e física para a mais ousada aventura da vida do alpinista Alex Honnold – escalar o gigantesco El Capitan no Parque californiano de Yosemite.

Localizado na parte norte do Vale de Yosemite, no Parque Nacional de Yosemite, na Califórnia, este monólito de granito é um dos principais pontos de interesse do alpinismo mundial e a sua escalada é considerada uma das mais difíceis do mundo. Como se isso não bastasse, Alex escalou este gigante de mil metros de altura sem corda ou qualquer outro equipamento de segurança.

Intitulado “Free Solo, este documentário, já vencedor de um prémio BAFTA, foi o primeiro conteúdo do National Geographic a ser nomeado para os Óscares e claro, o primeiro a ganhar!

Depos da vitória o jornalista da Renascença Pedro Mesquita falou com Joana Niza Braga.

Ouve aqui a reação desta portuguesa que participou neste documentário vencedor de um Óscar.


Free Solo - Entrevista de Jornalista Pedro Mesquita a Joana Niza Braga


Os 2 portugueses que participaram neste documentário fazem parte da equipa responsável pelo som. Joana Niza Braga e Nuno Bento trabalharam remotamente a partir de um estúdio de Lisboa como "Foley Mixer" e "Foley Artist", respetivamente. Joana e Nuno criaram remotamente o ambiente do filme - os sons do que o filme retrata.



A outra portuguesa num filme nomeado para os Óscares é Joana Vicente que faz parte da equipa de produção de "Cafarnaum" – um filme Libanês, realizado por Nadine Labaki. Nomeado para o Óscar de "Melhor Filme de Língua Estrangeira, "Cafarnaum", já em exibição em Portugal, conta a história de Zain, um miúdo de 12 anos que acusa os pais de lhe terem dado vida num mundo dominado pelo crime, pobreza e miséria.



Joana Vicente é produtora e executiva independente do cinema. Figura importante na indústria cinematográfica de Nova York, Joana produziu mais de quarenta filmes com seu marido, Jason Kliot.

Joana Vicente nasceu em Macau, formou-se em Filosofia, na Universidade Católica de Lisboa, foi assistente de produção de António-Pedro Vasconcelos e Paulo Branco e teve uma breve participação como atriz num filme de Alain Tanner.

Vive em Nova Iorque há 30 anos e fundou com Jason Kliot a Open City Films e a HDnet Films. Foi nomeada pela Variety como uma das 60 pessoas mais influentes em Nova Iorque. Já recebeu o prémio "Made in New York", que distingue figuras que tenham contribuído de forma significativa para o crescimento das indústrias de media e entretenimento da cidade e foi, em Agosto, nomeada diretora executiva do Festival Internacional de Cinema de Toronto.



A 91ª edição dos Óscares foi emitida em direto e em exclusivo pela FOX onde vais pudeste acompanhar tudo, na companhia dos animadores e produtores da RFM Joana Cruz, Rodrigo Gomes, Teresa Lage e Paulo Pereira.


  • Partilha:

Top