És Costa? Esta é a história do teu apelido!


Se és Costa tens um dos apelidos mais antigos de Portugal e também um dos mais comuns. Costa aparece, tal como em muitos outros, em dupla com outro apelido, ou simplesmente Costa.

Depois de Silva, Ferreira, Pereira, Oliveira e Santos, chega a vez do Costa que é o 6º apelido mais usado em Portugal. Há perto de 400 mil Costas!


Segundo os estudiosos dos nomes de família, Costa pode ter duas origens diferentes.

Uma diz que Costa é o apelido de uma família nobre da Idade Média, no século XIII, e que provem de um grego chamado Nicolau Kosta.

Outra defende que Costa é uma família ainda mais antiga, do século XII, e que o apelido está relacionado com a Quinta da Costa, em Guimarães, de D. Gonçalo da Costa.



Este nobre cavaleiro pertencia à corte de D. Afonso Henriques e era também senhor do Couto de Mancelos, o solar da família.



Esta mesma família Costa ocupou, ao longo dos reinados, sempre cargos de relevo nas cortes dos vários soberanos portugueses.


No brasão da família Costa, estão representados ossos que aparentam ser costelas.

Sucede que, segundo os heraldistas, estas “costelas” não representam ossos mas um género de facas de sapateiro com lâmina curva e sem ponta que se chamavam precisamente “costas”, usadas há mais de 700 anos por quem tinha o ofício de sapateiro.

São estes “martelos” de sapateiro que estão representados no brasão dos Costas.


Se és Costa, podes descender de uma nobre família do tempo de D. Afonso Henriques.


  • Partilha:

Top