Homens com barba têm mais bactérias que os cães

Antes de atirarmos colectivamente as mãos para o ar, escandalizados com esta notícia, vamos ter todos muita calma.

Ok, segundo um estudo publicado na revista científica "European Radiology" a barba dos homens tem mais bactérias que os cães. "European Radiology?!", perguntas tu. Sim, o estudo foi feito para tentar determinar se uma máquina de Ressonância Magnética podia ser utilizada por humanos e caninos, sem risco de contaminação. E guess what? A máquina apresentava um nível de contaminação mais baixo depois da presença de um cão, por comparação a um homem com barba.

Logo, homens com barba carregam mais bactérias que os cães.

Mas, então e isto?

E isto?

Uhhh... pois é...

O rei das águas... e finalmente...

BARBA E ANIMAIS EM VIAS DE EXTINÇÃO! IRRESISTÍVEL!

E, olhando para tudo isto de outra perspectiva, o estudo só diz que a barba dos homens tem mais bactérias que os cães. Porque é que partimos do princípio que os cães têm muitas bactérias? Parece-me extremamente preconceituoso para com os cães. Se calhar os cães têm 1 bactéria e a barba dos homens tem 2 bactérias. O estudo continuava a ser verdade e não existiriam razões para alarme.

Para além disso, já tínhamos aqui estabelecido que homens com barba são irresistíveis.

Ass: uma pessoa com barba.

  • Partilha:

Top