As 6 coisas que os gatos mais amam e mais detestam


São fofinhos, queridos, bonitos, elegantes, mas também sabidos, cheios de personalidade e plenos de autonomia.

Portanto, não se dão a conhecer com facilidade e, até os conheceres minimamente, não sabes bem quais são as suas preferências.

Se estás prestes a ter um gato, ficas a saber o que amam e o que detestam e, se já tens um ou mais, podes comprovar tudo isto!

Aqui ficam as 6 coisas que os gatos mais detestam e mais amam!


Os bichanos detestam:


1 – Água

Eles odeiam ficar molhados! Há várias razões, dizem os peritos. Uma delas, por exemplo, está ligada ao facto de os gatos terem o instinto de se quererem proteger de doenças e estarem molhados é, sabem-no bem, propício a provocar doenças.


2- Cheiros

Os gatos simplesmente não aguentam determinados odores, como por exemplo, o cheiro a citrinos, banana, pinho, peixe podre, pimenta, mostarda e caril, sabão e detergentes fortes, eucalipto, fumo e, às vezes, o cheiro de outros gatos. Lá está, são um nadinha elitistas e têm as suas esquisitices!


3 – Ruídos fortes


Música muito alta, pessoas aos gritos e altercações estridentes são situações que deixam os gatos muito nervosos ao ponto de poder desencadear neles ansiedade e stress. Os gatos gostam do seu sossego e de ambientes tranquilos.


4 – Falta de higiene


Os gatos são limpinhos. Todos sabemos! Eles simplesmente detestam sujidade. O local onde dormem e a caixa de areia não podem estar sujos, mal cheirosos e desarrumados. Ficam irados e podem até ter um comportamento diferente do normal!


5 - “Jogo” de olhares

Os gatos não gostam que lhes fixes o teu olhar. Eles podem interpretar este contacto visual declarado como uma ameaça e podem ter uma reação inesperada. A alternativa é piscar-lhes os olhos e moveres a tua cabeça, numa linguagem mais felina.


6 – Comida demasiado fria

Comer é um dos prazeres da vida dos gatos e, quando a comida não lhes agrada, eles podem entrar em stress e, mais uma vez, ter reações estranhas e imprevistas. Nesta categoria de “comida que não lhes agrada” entra a comida fria. Os gatos não suportam comida fria. Deve estar à temperatura ambiente! Portanto, atenção a esta questão. Podes ter de pôr a comida um bocadinho no micro-ondas para lhe retirar o frio em demasia.


O gatos adoram:


1 – Dormir

A “atividade” que o gato mais faz, durante o dia, é dormir. Amam dormir ou cochilar!! Podem mesmo dormir até cerca de 18 horas, por dia. Mesmo quando tens a tentação de acordá-lo para brincares com ele ou simplesmente usufruíres da sua companhia, não o faças. Os gatos precisam de dormir, não só para não te acordarem para brincar quando és tu que estás a dormir, como porque podem, mais uma vez, entrar em stress se não tiverem os seus exigidos momentos grandes de sono e de descanso.


2 – Caçar por diversão

Predadores e caçadores naturais, os gatos pelam-se por caçar e caçam literalmente. Pássaros, lagartixas, ratos ou outros animais pequenos são algumas das suas presas favoritas. Faz parte da sua condição de caçador. Não te zangues com o teu gato ou gata porque eles são predadores, ainda que sejam animais de casa e domesticados pelo Homem, ou seja, por ti. Os gatos não caçam porque têm fome, mas por diversão pura. Em alguns casos, comem a presa. É, por esta razão, muito importante que promovas brincadeiras dentro de casa, já que o teu gato pode viver dentro de um apartamento, que simulem a caça e a perseguição de uma presa. Há muita oferta de “brinquedos” a fingir de presas, incluindo ratos.


3 – “Banhos” de sol

“Spots” quentes e aconchegados são do agrado dos gatos e das gatas. É por esta razão que se estendem ao sol e, a par de dormir, esta é a outra atividade predileta dos bichanos. E se o teu gato se puder deitar ao sol na rua, longe de barulhos e de ruídos, tanto melhor. Se tens o gato fechado num apartamento, então abre os cortinados e deixa-o estender-se ao sol e, lá está, em silêncio. É exatamente por esta razão – a procura do calor – que o teu gato adora ir para perto da televisão, para cima do teu computador, para cima do frigorífico ou escolhe deitar-se sobre a máquina de lavar louça, quando esta está a funcionar.


4 – Apreciar o mundo


Os gatos amam observar, no parapeito da janela, tudo o que se passa na rua. As pessoas a passar, os carros a andar, o vento a abanar os ramos e as folhas das árvores. Podem passar horas nisto. As horas em que não estão a dormir, claro!
Portanto, mais uma vez, se tens um ou mais gatos, fechados em apartamentos, cuida de lhes proporcionar uma janela (fechada) onde eles possam observar tudo o que se passa na tua rua. Adoram!


5 – Pontos altos

Por instinto – lá está, mais uma vez – de predador e de caçador, o gato sabe que também pode ser uma presa. Então, gosta de estar e de dormir em pontos elevados numa atitude de autoproteção. A isto soma-se o seu gosto por estar a observar o mundo que o rodeia. Que melhor do que um ponto elevado? Para além disto, o gato fica com a sensação de que domina tudo, algo que é também muito do seu agrado! Se vives numa casa com jardim, deixa-o subir às árvores com o devido cuidado. Se vives num apartamento, compra móveis altos e vais ter de o deixar ir lá para cima quando lhe apetecer. É a vida…! Quando se tem um gato, tens de perceber que basicamente é ele que manda 😊 ou, pelo menos, tenta!


6 – Apreciar pássaros


Os gatos chegam a atingir um certo tipo de transe quando observam pássaros. E, se tens um gato sabes como é difícil arrancá-lo deste estado quase hipnótico. Dizem os peritos que eles podem mesmo emitir uns sons quando estão a contemplar pássaros. Pode este som dever-se a duas coisas: atrair os pássaros para depois os caçar ou ser um indicador de frustração por apenas os poderem ver e não caçar. Lembra-te! Os gatos são predadores e caçadores e, por isso, os seus comportamentos e atitudes são reveladores deste instinto.


Se tens um gato ou queres ter um, nada como lhes conhecer os gostos, as antipatias, os feitios e as manhas!


  • Partilha:

Top