XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX' width='0' style='display:none;visibility:hidden'>

Sabias que a tecnologia bluetooth nasceu de um rei viking?

Paulo Pereira

É uma das tecnologias mais úteis hoje em dia e uma das que tem um nome mais estranho - o Bluetooth!

Se o nome Wi-Fi, por exemplo, se explica a si próprio, porque razão é que um método de ligação sem fios entre telemóveis e computadores tem o nome "dente azul"? Existe uma razão histórica, bastante curiosa, ligada a um rei viking dinamarquês chamado Harald Blatand.

Vamos a uma pequena lição de história sobre como a tecnologia Bluetooth ganhou o seu nome? Vamos a isso!

O Bluetooth foi criado na década de 90 por investigadores suecos para a Ericsson Mobile. Lembras-te da Ericsson? Claro que lembras!

Diz lá que não quiseste um bichinho destes? Ou se calhar foste mesmo proprietário de um magnífico t10 e, provavelmente, ele ainda sobrevive algures numa gaveta.

Bom, voltando ao Bluetooth. Corria o ano de 1997 e era necessário dar um nome a esta tecnologia.

Um funcionário da Ericsson estava a ler o artigo "The Long Ships" sobre o rei dinamarquês Harald Blatand e ficou intrigado. Harald ficou famoso por duas coisas: ter unido a Dinamarca e a Noruega num só reino e por ter um dente cariado que apresentava uma cor azulada. Foi isso que lhe valeu a alcunha Blatand, que significa Dente Azul ou Bluetooth.

Ora este funcionário da Ericsson achou o nome perfeito. A tecnologia Bluetooth iria ligar computadores a telemóveis assim como Harald ligou a Dinamarca e a Noruega!

via GIPHY

Aliás, o símbolo Bluetooth resulta da junção de dois caracteres vikings, o H e o B, precisamente as iniciais do rei Harald Blatand.

Et voilá! Fica assim explicado um dos grandes mistérios tecnológicos da humanidade!

  • Partilha:

Top