Sabes que houve um rei português chamado Martinho?

Ana Margarida Oliveira


Como estamos em “tempo” de festejar o São Martinho, aqui fica a curiosidade!

Se alguém te pedir que digas nomes de reis portugueses vêm-te à cabeça nomes como Afonso, Sancho, Pedro, João - sendo que houve vários monarcas chamados Afonso, Pedro e João - mas D. Martinho, provavelmente, nunca ouviste falar.

Portugal teve, de facto, um rei chamado Martinho. Só que teve de mudar o nome! É por isso que ouviste falar dele com o “novo” nome e não como D. Martinho, rei de Portugal.

Martinho foi o 5º filho de sete que D. Afonso Henriques teve com D. Mafalda de Saboia.

O 1º filho do nosso primeiro rei, chamou-se Henrique e era o sucessor ao trono, como 2º rei de Portugal. Henrique, no entanto, morreu antes de se tornar rei e portanto a sucessão da coroa foi parar às mãos de D. Martinho, o 5º filho de D. Afonso Henriques, mas o 2º rapaz. Entre Henrique e Martinho, nasceram Urraca, Teresa e Mafalda.



Martinho foi assim batizado porque nasceu no dia 11 de novembro de 1154, dia de São Martinho de Tours, Santo que ainda hoje festejamos, no dia 11 de novembro.


Considerou, pois, D. Afonso Henriques que Martinho não era um nome suficientemente “forte” para um rei. Convém enquadrar que Portugal era, neste tempo, uma monarquia demasiado jovem que devia impor-se na Europa, sobretudo junto dos reinos vizinhos.


Resolveu D. Afonso Henriques, então, alterar o nome de batismo Martinho para Sancho, um nome mais hispânico e mais apropriado para um rei, na opinião de então.


Portanto, D. Sancho I, 2º rei de Portugal que que reinou de 1185 a 1211 com o cognome “o povoador”, era na verdade e por batismo Martinho.



Já agora, Martinho é o diminutivo de Martim. Martim vem do latim Martinus, nome derivado de Marte, o deus da guerra, por isso Martim e Martinho significam guerreiro.


De alguma forma e porque significa "guerreiro", existem vários Martim e o seu diminutivo Martinho na História mundial.


Bom São Martinho!

  • Partilha:

Top