"Adeus janeiro" diz a Joana Cruz

JOANA CRUZ

Acabou.

Falo do mês de janeiro e não do jovem músico Janeiro, que tenha longa carreira que ainda é novo e tem muita coisa para viver pela frente!

Ora janeiro costuma ser um mês loooongo e chato, porque as festas foram duras, as despesas foram algumas e o dia de são receber demora a chegar.

Passou-se a chamada blue monday, aquela segunda-feira mais triste do ano, já que se fala de uma fórmula em que as resoluções de ano novo não se cumpriram, o tempo ainda é blargh, a motivação está debaixo de água, o Natal foi tão bom mas já foi e o tempo não espera.

Por isso venha mas é o carnaval, quem não aprecia, só pensa mesmo na terça-feira gorda para aquela pausa mágica e escuso de fazer todo um calendário que se acelera sem darmos por ela até, pasme-se: ser Natal outra vez. E por aí fora.

Anos e anos de vida que passam tão depressa e se não dermos por ela, andamos a adiar sonhos, vontades e objetivos.

Não deixes mesmo para depois. O futuro fazes tu. Agora.

Joana Cruz

(Crónica publicada no jornal Destak de 30 de Janeiro 2020)

  • Partilha:

Top