XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX' width='0' style='display:none;visibility:hidden'>

Dia Nacional do Estudante: comemora em casa!

ESTE ANO O DIA NACIONAL DO ESTUDANTE COMEMORA-SE EM CASA E À DISTÂNCIA

Madalena Costa


Hoje celebra-se o Dia Nacional do Estudante!

Ao contrário de todos os anos anteriores, esta data é hoje assinalada de forma diferente. A partir de casa, à distância de um computador e com a ajuda de pais, avós e irmãos, os alunos portugueses dedicam-se ao estudo numa sala de aula diferente do habitual.

Esta é uma data assinalada desde 1987, que homenageia as dificuldades e os obstáculos que os estudantes enfrentaram na crise académica dos anos 60.

Por e-mail, chegam os trabalhos, os exercícios e os pedidos dos professores. Através do movimento criado pelo Ministério da Educação, os alunos e pais são desafiados a partilhar fotografias e vídeos das salas de aula provisórias que arranjaram em casa.

“A escola mudou-se para casa por uns tempos. A vontade de aprender e de estudar deve ser estimulada por todos”, escreve em comunicado o Ministério da Educação.

A partir do hashtag #EstudoEmCasa, divulgado pelo movimento, é possível acompanhar esta caminhada que todos os alunos fazem à distância ao mesmo tempo que se reconhece o trabalho dos seus professores, que têm sido imprescindíveis.



É importante os alunos e os estudantes manterem as suas rotinas de trabalho, cumprirem aquilo que é pedido pelos professores, manterem o contacto com os colegas e diretor de turma e arranjar um tempinho para a leitura e para a atividade física. Nesta missão, o Ministério da Educação convidou Windoh, um youtuber famoso entre os mais novos, para deixar uns conselhos aos estudantes.

Como gostamos sempre de ver o lado bom de tudo aquilo que acontece, desafiamos-te a partilhares connosco como é que os teus filhos celebram este dia ou até todos aqueles que vêm aí, já que todos os dias podem ser do Estudante. Pode ser através de um exercício de matemática que gostam de fazer, de um livro que leem, de um desenho que pintaram ou até de um vídeo criativo.

Numa altura em que os tempos se adaptam à realidade que vivemos, é importante mantermos aquilo que fazíamos fora de casa, sem esquecer os momentos de lazer e de diversão que fazem igualmente parte deste processo.


  • Partilha:

Top