Porque coramos?

O SER HUMANO É A ÚNICA ESPÉCIE QUE CONSEGUE CORAR E QUANTO MAIS TENTAS CONTER, MAIS ENCARNADO FICAS

Jéssica Santos


Quantas vezes já ouviste um amigo dizer: “Estás a ficar todo vermelho!”. Pode ser embaraçoso, mas há quem defenda que esta é uma ação de o nosso inconsciente pedir desculpa.


Segundo esta teoria, a vergonha que sentimos, e que nos faz corar, é uma forma de inteligência emocional que advém da capacidade que temos de sentir como os outros se sentem. E não há gesto mais generoso que a empatia.

A vergonha, sentimento de culpa ou desconforto são os três fatores que fazem as pessoas corar.


O que acontece no teu corpo quando coras


Quando te sentes envergonhado ou desconfortável, o teu sistema nervoso emite um sinal aos músculos da cara, instruindo-os a relaxarem. Este relaxamento permite a dilatação das pequenas veias da cara, o que faz com que o sangue se acumule e as bochechas fiquem vermelhas, explica Corine Dijk, psicóloga clínica da Universidade de Amesterdão, à revista Time.


Se tens uma pele mais clara, quando coras, a vermelhidão será mais visível do que se tivesses uma pele mais morena.

Corar também pode estar relacionado com peculiaridades a nível hormonal e anatómico, refere Peter Drummond, cientista social e investigador do tema da Universidade australiana de Murdoch.


Fatores que te podem levar a corar com mais facilidade


Especialistas referem ainda à Time outros fatores que fazem com que as pessoas corem: as companhias, uma vez que quando te sentes inferior em relação às pessoas à tua volta, a probabilidade de corares aumenta; fobias sociais; ser alvo de escrutínio; ou quando alguém mantém contacto visual prolongado consigo.


As vantagens de corar


Mas corar pode ter as suas vantagens. A psicóloga Corine Dijk defende que “quando as pessoas coram numa situação embaraçosa ou vergonhosa, é mais provável que sejam vistas pelos outros como pessoas de confiança e tal não aconteceria se não tivessem corado”.


Embora se saiba o mecanismo físico que se desenrola quando se cora, ainda não se conhece a razão pela qual nós coramos. Há muitas teorias relativamente a este assunto, e alguns especialistas defendem que as pessoas coram como forma de admissão de culpa, uma vez que assim que alguém fica corado os outros sabem que aquela pessoa está a ser verdadeira e sincera.



Não existem dicas infalíveis para deixares de corar, mas a confiança e a autoestima podem ser uns fortes aliados. Acredita em ti e no teu potencial. Isto pode-te ajudar a corar menos.



  • Partilha:

Top