Papa Francisco enaltece Aristides de Sousa Mendes

O PAPA FRANCISCO ASSINALOU O DIA DA CONSCIÊNCIA INSPIRADO PELO DIPLOMATA PORTUGUÊS ARISTIDES DE SOUSA MENDES

Ana Margarida Oliveira


O Papa Francisco assinalou, quarta-feira dia 17 de junho, o Dia da Consciência e deu como exemplo o português Aristides de Sousa Mendes. O Papa referiu que esta celebração é “inspirada pelo diplomata português” que “decidiu seguir a voz da consciência e salvou a vida de milhares de judeus e outros perseguidos.”



O cônsul Aristides de Sousa Mendes conseguiu salvar milhares de pessoas, durante a 2ª Guerra Mundial, emitindo, em Bordéus, vistos - sem autorização do governo português - para que judeus e outros refugiados pudessem escapar à perseguição nazi.

Aristides de Sousa Mendes foi condecorado, a título póstumo, com a Grã-Cruz da Ordem da Liberdade, a 3 de abril de 2017, pelo Presidente Marcelo Rebelo de Sousa.


  • Partilha:

Top