São do supermercado e estão à venda na internet por mais de 1000 euros

ESTES TÉNIS CUSTAM ORIGINALMENTE 15 EUROS

Jéssica Santos


São os ténis (ou as sapatilhas, como preferires) do momento e estão a levar os consumidores à loucura.


A cadeia de supermercados Lidl criou uma coleção, que inclui t-shirts, meias e ténis, com as cores e o logo da marca, que colocou à venda no site e nos supermercados da Alemanha, Holanda, Finlândia e Bélgica.

Os ténis, que custavam 15 euros, esgotaram num ápice. Na Finlândia, assim que foram colocados nas prateleiras, “voaram”. Nem a Covid impediu que se formassem longas filas à porta do supermercado.

A reação dos consumidores acabou por se replicar também pela internet. Devido à elevada procura e pouca oferta, os revendedores depressa viram nestes ténis uma oportunidade de negócio.



E das grandes. De 15 euros, o preço dos ténis escalou para os milhares de euros. Há quem os esteja a vender por 1200 euros, em França.



A loucura gerada em torno dos ténis pode ser explicada pela drop culture, que consiste em vender roupas em pequenas quantidades e em pontos de distribuição limitados. Desta forma, os produtos facilmente adquirem exclusividade e unicidade, o que leva o consumidor a comprar com urgência, para que não esgote.


  • Partilha:

Top