Portugal e Brasil: as iguarias que nos unem (para além da feijoada)

JUNTOS, BRASIL E PORTUGAL, CONSEGUIRAM CRIAR AS MAIORES IGUARIAS DA GASTRONOMIA

Jéssica Santos


Há muito de Portugal no Brasil, e muito do Brasil em Portugal. Sobretudo na gastronomia, para além da lingua. Ambos os países ganharam com as trocas e criaram aquilo a que chamamos hoje de pitéus.


Feijoada


Há várias teorias sobre a origem da feijoada, mas a mais provável é a de ser um prato oriundo da Europa, que já vem desde o Império Romano.

Acredita-se que terão sido os portugueses a levar este prato para o Brasil, adaptando o tradicional cozido à portuguesa com o feijão preto, um dos alimentos mais importantes no Brasil.

Desta forma, podemos dizer que a feijoada tem dupla nacionalidade: a carne portuguesa e o feijão do Brasil.



Caldo Verde

O caldo verde é uma receita que foi inventada no Minho, em meados do século XV. De cá para o Brasil, o caldo verde ganhou mundo e paladar. E sofreu algumas alterações.

Em Portugal, a rodela de chouriço é fundamental para dar aquele toque extra, mas, no Brasil, o caldo verde é feito com linguiça, que é cozida juntamente com a batata e a couve.



Quindim


Ou Brisas do Liz, em Portugal. Este doce, que leva ovos, amêndoas e açúcar, é o embaixador da Doçaria Conventual de Leiria.

Chegou ao Brasil pela mão dos portugueses, que levaram algumas das melhores receitas de doces conventuais. No entanto, tiveram que o adaptar e substituir a amêndoa - que não havia no Brasil – por côco.

As amêndoas deram lugar ao côco ralado, e as Brisas do Liz deram origem ao Quindim.



Por cá, também temos influências do Brasil. Desde a caipirinha, que nos refresca nos dias mais quentes, a banana frita para acompanhar a melhor picanha e, mais recentemente, o açaí e a tapioca.


Esta longa relação com o Brasil já deu e continua a dar “frutos” únicos, maduros e deliciosos. Há pratos que souberam retirar o melhor de ambas as culturas e hoje são de comer e chorar por mais.

Muito mais é o que nos une do que aquilo que nos separa!


  • Partilha:

Top