Máscara na rua vai passar a ser obrigatória na Madeira

O GOVERNO REGIONAL DA MADEIRA DECRETOU O USO OBRIGATÓRIO DE MÁSCARA NA RUA COMO UMA FORMA ADICIONAL DE PROTEÇÃO DA POPULAÇÃO

Madalena Costa


O Governo Regional da Madeira decretou, esta terça-feira, o uso obrigatório de máscara na rua. Para muitos habitantes do arquipélago, a notícia foi inesperada, uma vez que os 105 casos positivos confirmados de covid-19 na região não a faziam prever.


“O uso de máscara comunitária em todos os espaços passa a ser obrigatória como forma adicional de proteção para a população na região. Somos uma das regiões mais seguras do mundo e, como tal, temos de adotar boas práticas de proteção individual e coletiva” afirmou Pedro Ramos, o secretário regional da saúde.


Ao que parece, a medida vai entrar em vigor já no dia 1 de agosto e pretende reforçar o combate à pandemia. Para além disso, o Governo Regional da Madeira vai também alargar o estado de calamidade até 31 de agosto, ao contrário daquilo que pode acontecer nas 19 freguesias da Área Metropolitana de Lisboa.



O uso de máscara passa assim a ser obrigatório em todos os espaços ou locais de acesso públicos, fechados ou abertos. Mas, há exceções. As crianças até aos 10 anos e pessoas que tenham dificuldade em colocar e tirar a máscara sem assistência não se incluem nesta nova medida.


No entanto, há quem não concorde com a medida e já circula pela Internet uma petição contra o uso obrigatório de máscara na rua, no arquipélago da Madeira.


  • Partilha:

Top