Alemanha cria “abono Coronavírus” e dá 300 euros por cada filho

PARA AJUDAR AS FAMÍLIAS A FAZER FACE À CRISE PROVOCADA PELA PANDEMIA, A ALEMANHA CRIOU UM "ABONO CORONAVÍRUS"

Jéssica Santos


A Alemanha criou um “abono Coronavírus”, que consiste em dar cheques de 300 euros às famílias com crianças. Este valor pode duplicar no caso de pais separados, segundo o jornal Deutschland.


Os 300 euros serão dividos em duas tranches, sendo que uma será distribuída ainda este mês e a outra será em outubro, juntamente com o abono de família (que é de 192 euros por cada filho). Esta medida do Governo de Angela Merkel foi estipulada em junho e não precisa de ser solicitada previamente. Ou seja, os 300 euros são atribuídos automaticamente.

"Vai servir para mitigar as novas necessidades das famílias, que agora enfrentam novos gastos, como aquisição de máscaras e gel desinfetante, e têm de suportar períodos em que as crianças ficam em casa em vez de irem à escola", explica Katharina Spieb, especialista em família do Instituto Alemão de Estudos Económicos, para quem o apoio "não atenderá a todas as necessidades, mas será uma ajuda e, ao mesmo tempo, estimulará o consumo das famílias, que devido à incerteza económica estão a economizar mais do que o normal, atitude que não contribui para o dinamismo da economia.".



O único requisito pedido é que a criança tenha recebido o abono de família pelo menos uma vez em 2020. O “abono do Coronavírus” inclui menores de 18 anos ou menores de 25 anos que ainda estejam a estudar.


Este apoio entrará para o cálculo dos impostos e quanto maior for o rendimento da família maior será a tributação.


  • Partilha:

Top