Porque é que as pessoas gostam de filmes de terror?

SABIAS QUE OS FILMES DE TERROR PODEM SER TERAPÊUTICOS?

Jéssica Santos


Os filmes de terror são um bálsamo para algumas pessoas. Muitas pessoas. Os números falam por si: só no ano passado foram feitos 55 filmes de terror; este ano, só até abril, tinham sido produzidos 68 filmes de terror e de 1930 a 2006, foram feitos 874 filmes de terror em todo o mundo.


Estes dados refutam qualquer teoria que defenda que o público não gosta de filmes de terror.

O espetador sente a adrenalina, já sabe que, a qualquer silêncio, vem um grito que o vai fazer ter a mesma reação, e muito provavelmente terá de colocar as mãos à frente da cara, dado o teor da cena. No entanto, apesar do medo, não diz que não a um filme de terror. Sobretudo no cinema para ter a verdadeira experiência. E porquê? O que faz o ser humano gostar de um filme que sabe que o poderá “aterrorizar”?



Existem várias respostas para esta pergunta. Por um lado, as pessoas estão habituadas a viver em ambientes confortáveis e seguros e, por isso, é improvável que experimentem sensações fortes como o medo. Por outro, o ser humano está programado para lidar com estímulos assustadores, que são despertados pelos filmes de terror.


Este género de filmes permite a fuga à realidade e à rotina e permite experimentar sensações fortes que nos fazem sentir vivos. Além disso, depois de uma descarga de adrenalina, as pessoas sentem-se felizes e relaxadas.

Ver filmes de terror é como lidar com uma ameaça na vida real, mas em circunstâncias falsas, e simular a recompensa sentida após essa experiência. E podem ainda ser terapêuticos, porque ensinam o espetador a ter medo, o que pode ajudar a lidar com os medos do dia a dia.

És este tipo de pessoa que gosta de experimentar todas estas sensações ao ver um filme de terror? Se não é o teu caso, qual é a probabilidade de te termos convencido a ver um filme de terror?


  • Partilha:

Artigos Recomendados
Top