A nova tendência na Holanda é abraçar vacas

ABRAÇAR UMA VACA PODE TRAZER MAIS BENEFÍCIOS DO QUE AQUILO QUE PENSAS

Jéssica Santos


Abraçar vacas pode parecer uma tendência estranha, mas é muito mais do que isso: pode trazer muitos benefícios para a saúde mental. E numa altura em que a nossa sanidade está a ser posta à prova, esta pode ser um bálsamo para os dias mais difíceis.


A tendência, que começou há mais de dez anos na Holanda, está focada nas propriedades curativas de um bom aconchego entre uma pessoa e um animal. Entretanto, esta prática está a ter muita adesão e já chegou a quintas em Roterdão, Suíça e Estados Unidos. Portugal ainda não se manifestou, mas quem sabe se não decide a dar uma oportunidade ao poder de um abraço de uma vaca... afinal, no Altentejo, no Ribatejo, nos Açores, no planalto do Barroso no Minho, na zona raiana, entre muitas outros locais portugueses, não nos faltam pastos e campo com vacas.



Abraçar uma vaca promete trazer serenidade e acalma o corpo e o espírito. Como? A temperatura corporal de uma vaca, o seu batimento cardíaco - que é mais calmo – e o seu tamanho fazem com que abraçá-la seja uma experiência revigorante, que promove a positividade, reduz o stress e aumenta a produção de ocitocina, também conhecida pela hormona da felicidade.


E não são apenas as pessoas que beneficiam deste contacto. As vacas quando recebem um abraço ficam mais calmas, segundo um estudo publicado no jornal científico “Applied Animal Behaviour Science”.


Queres dar uma oportunidade a ti e às vacas? Não vamos desprezar o poder de um abraço. E, afinal, já é moda!

  • Partilha:

Artigos Recomendados
Top