Oferece mais de mil milhões de euros a funcionários e torna-os também milionários

UM EMPRESÁRIO BRITÂNICO DECIDIU PRESENTEAR OS SEUS FUNCIONÁRIOS E TORNÁ-LOS MILIONÁRIOS

Madalena Costa


Há quem desejasse um chefe como Matthew Molding, mas só os funcionários do The Hut Group, uma empresa britânica, têm a sorte de trabalhar com ele.


O nome de Matthew Molding, CEO da empresa, foi falado pelo mundo fora quando anunciou que ofereceu mais de mil milhões de euros aos seus funcionários, ao longo dos últimos 10 anos, com o objetivo de eles serem também milionários.



Em setembro do ano passado, o The Hut Group entrou para a bolsa, o que fez com que as ações da empresa escalassem rapidamente. Só num mês, gerou-se cerca de 912 milhões de euros e foi a partir desse valor que Matthew Molding decidiu doar ações da companhia para vários funcionários.


“Nós criamos mais milionários do que qualquer outra empresa na história corporativa britânica. As ações são um presente a 100%, ninguém teve que pagar nada. Mudamos genuinamente muitas vidas" explicou, em entrevista ao The Mirror.


Com a doação de mais de 430 cotas de ações, o CEO do The Hut Group conseguiu fazer com que 74 dos seus trabalhadores se tornassem milionários, sendo que uma das secretárias se reformou aos 36 anos.


A solidariedade de Matthew Molding não tem fim, sendo que, para além de ajudar os seus funcionários, doou cerca de 11 milhões de euros para o combate da Covid-19, em Inglaterra. Além disso, todos os anos, o CEO do The Hut Group abdica do seu salário de 822 mil euros para doá-lo a instituições de solidariedade.


  • Partilha:

Artigos Recomendados
Top