Em Valongo, máquinas de lavar são as novas casas para os gatos

MILHARES DE GATOS QUE VIVEM NAS RUAS VÃO TER AGORA UMA CASA GRAÇAS À REUTILIZAÇÃO DE MÁQUINAS DE LAVAR E SECAR SEM USO

Madalena Costa


Há muito gatos a viver na rua sem locais para se abrigarem nos dias mais frios.


Como solução, a Câmara Municipal de Valongo decidiu reaproveitar máquinas de lavar e secar e transformou-as em abrigos para gatos.


As máquinas, que já começaram a ser colocadas em vários pontos do município, são de vários habitantes de Valongo, que têm contribuído para dar um local mais quente e abrigado aos muitos gatos que vivem nas ruas.


Ainda antes de serem instaladas, as “casotas”, como são apelidadas pelo Centro Veterinário de Valongo, são pintadas e decoradas para este novo uso.



A iniciativa acontece no seguimento do programa de esterilização que o município iniciou no ano passado. Mais de 100 gatos e gatas em 12 colónias de rua já foram esterilizados, vacinados e identificados por microchip, como forma de controlo das populações.


Muito já se tinha feito e a Câmara de Valongo sentiu que ainda faltava dar-lhes uma casa.


“Sentimos agora a necessidade de lhes providenciar uma ‘casa'. Este projeto veio nesse sentido, pois as máquinas de lavar ou secar velhas são um desperdício doméstico que pode ser reaproveitado e de forma gratuita” afirmou Fernando Rodrigues, à Time Out.


Por agora, cada colónia de gato vai ter duas ou três máquinas para os abrigar, mas ainda ainda faltam “cerca de 50 máquinas”. Para ajudar a dar um lar mais quente a estes felinos, podes também fazer a tua parte!


Uma máquina de lavar ou secar sem uso que tenhas por casa pode ser a nova casa destes animais e, para tal acontecer, basta ligares para o número 22 422 3039 ou enviar um e-mail para gmvm@cm-valongo.pt.


  • Partilha:

Top