Empresário de Santarém aluga casa para família que vivia numa carrinha

SEM TRABALHO E CASA, FAMÍLIA DE FARO VIVIA NUMA CARRINHA COM OS DOIS FILHOS MENORES

Jéssica Santos


Desde o início da pandemia que inúmeras famílias recorrem a ajudas, por se encontrarem numa situação financeira mais frágil. Os efeitos da Covid-19 sentem-se um pouco por toda a parte. Algumas pessoas chegaram mesmo a perder as suas casas, como é o caso desta família de Faro. Mas é graças à empatia, solidariedade e união dos portugueses que algumas conseguem ver a luz ao fundo do túnel.


Jorge vivia com a mulher e os dois filhos pequenos numa carrinha, em Faro, depois de terem sido despejados da sua casa. Sem trabalho e com apenas 400 euros por mês, esta família via-se sem condições para pagar um teto digno. Até que tudo mudou graças a uma reportagem televisiva.



Jorge Veríssimo, empresário do ramo automóvel, em Santarém, ficou a conhecer esta história através de uma reportagem da RTP, divulgada na semana passada. Sensibilizado com a vida desta família, fez de imediato uma publicação no Facebook, onde dizia procurar um T2 mobilado para os realojar. Conseguiu encontrar e o primeiro ano da renda ficou por sua conta.


O empresário explicou no Facebook as suas motivações: “Não sou rico, nem quero parecer, também nasci e cresci numa família modesta onde o luxo nunca abonou, mas pelo menos tinha um quarto debaixo de um teto”.

E fez ainda um apelo. “Como devem imaginar, esta família precisa de várias coisas, por isso, aos meus quase 5000 amigos do Facebook, caso pretendam dar algum tipo de ajuda fica o contato direto da Ana Sofia 928 044 667.”



Apesar de já terem uma casa para viver, ainda que seja apenas por um ano, a família de Jorge ainda precisa de ajuda para criar os dois filhos, pois vivem apenas com 400 euros por mês.


  • Partilha:

Top