Festas ao ar livre e em silêncio acontecem em Barcelona e podem ser o nosso futuro

SEM FESTIVAIS DE MÚSICA, CONCERTOS E DISCOTECAS ABERTAS, BARCELONA IMPLEMENTA FESTAS AO AR LIVRE E EM SILÊNCIO

Madalena Costa


Estão ainda longe os dias dos festivais de música, dos concertos, da diversão, do convívio e de tudo aquilo que os caracteriza. Até esse dia chegar, há que arranjar alternativas para que a música e a diversão não faltem no nosso dia-a-dia.


Esta ideia chega-nos de Barcelona e, sem discotecas abertas e concertos, está a levar as pessoas a dançar ao ar livre.

Aos domingos, centenas de pessoas juntam-se em vários locais da cidade, onde dançam ao som dos seus auscultadores, em silêncio e com distanciamento social.



Para muitos habitantes, pode ser estranho ver pessoas a dançar na rua e sem ouvir-se música, mas para os participantes não há nada melhor do que se divertirem em grupo.


A ideia surgiu através de um grupo de amigos que a colocou em prática há alguns meses. Palavra passa a palavra e se, numa primeira fase, eram poucas as pessoas a alinhar nesta ideia, rapidamente, isso mudou.


Atualmente, já são muitos os habitantes de Barcelona interessados em fazer parte destas “festas” silenciosas e ao ar livre e a prova disso foi a chegada da primavera, em que se verificou uma grande adesão.


  • Partilha:

Top