Sabes como é definido o dia da Páscoa?

EXISTEM VÁRIOS CÁLCULOS A FAZER ATÉ SE DEFINIR O DIA DA PÁSCOA

Madalena Costa


Já te perguntaste porque é que o dia da Páscoa muda de ano para ano? Ora, uns anos é em março e, em outros, celebra-se em abril.


A razão para tal acontecer é simples, mas desconhecida para muitos: a Páscoa acontece no primeiro domingo depois da primeira lua cheia, após o equinócio da primava no hemisfério norte.



Assim sendo, este ano, a primavera chegou a 20 de março, a primeira lua cheia aconteceu a 28 de março e o primeiro domingo, depois desses dois fenómenos, é a 4 de abril.


Quem o diz é Marek Kukula, astrónomo no Observatório Real de Greenwich, que explicou que a data da Páscoa “depende de dois fatores astronómicos - o equinócio da primavera e a lua cheia”.


No entanto, há mais por detrás destes dois fatores. A Páscoa é um “feriado móvel”, que resulta da combinação de calendários, práticas culturais e tradições hebraicas, romanas e egípcias.


E é também por isso que é difícil conjugar esta celebração cristã no mesmo dia, uma vez que é necessário coincidir os diferentes calendários. Pela falta de uma combinação entre eles, são, segundo astrónomo no Observatório Real de Greenwich, “necessários cálculos complexos para se determinar o dia exato do equinócio e da lua cheia”.


Apesar de não existir um consenso entre calendários, a Páscoa tende a calhar entre o dia 22 de março e, no máximo, o dia 25 de abril, dependendo da disposição dos dias.


Mais uma vez, este ano celebra-se a Páscoa de forma diferente do habitual: com mais distanciamento social e sem a presença de todos os familiares, mas, nem por isso deves deixar de a celebrar.


  • Partilha:

Top