EMEL lança inquérito e uma pergunta sobre “género” causa revolta nas redes sociais

NO INQUÉRITO SOBRE A UTILIZAÇÃO DE DIFERENTES MEIOS DE TRANSPORTE EM LISBOA, A PRIMEIRA PERGUNTA GEROU UMA ONDA DE CRÍTICAS NAS REDES SOCIAIS

Madalena Costa


A partir de um inquérito lançado pela EMEL, as redes sociais insurgiram-se contra uma pergunta inicial que questionava o género de quem respondesse.


Em vez das opções “Homem”, “Mulher” e “Outro”, que são comuns neste tipo de questionários, constavam as opções “Homem cisgénero”, “Mulher cisgénero”, “Homem transgénero” e “Mulher transgénero”.

Trocado por miúdos, cisgénero significa que o sexo atribuído à nascença coincide com a identidade de género enquanto transgénero é o oposto, ou seja, indica que o sexo atribuído à nascença não coincide com a identidade de género.


Ora, perante estas opções, houve quem não tivesse percebido a razão de se estar a questionar o género de alguém num inquérito sobre hábitos de mobilidade e motivações para a utilização de diferentes opções de transporte, com foco para o uso da bicicleta, em Lisboa.


Muitos cidadãos escreveram nas redes sociais o motivo pelo qual não concordavam com a questão, uma vez que a utilização de bicicletas, em Lisboa, em nada está relacionada com o facto de se ser cisgénero ou transgénero.





Perante a polémica que se criou à volta deste inquérito, a EMEL, em declarações ao “Diário do Distrito”, esclareceu que “a decisão de desagregar as opções de resposta, para além das opções clássicas Homem/Mulher, (...) visa a promoção de recolha de dados mais finos que permitam identificar eventuais fatores de desigualdade no acesso e uso dos diferentes modos de transporte”.


A empresa de mobilidade e estacionamento de Lisboa acrescentou ainda que o questionário foi avaliado pela Comissão para a Igualdade de Género, que deu um parecer positivo às questões relacionadas com o género tendo em conta os objetivos do inquérito.


Apesar das críticas, a EMEL avançou que o inquérito já conta com mais de 400 respostas.


  • Partilha:

Artigos Recomendados
A RFM é a rádio oficial da equ...A RFM é a rádio oficial da equipa Portugal nos Jogos OlímpicosA EQUIPA PORTUGAL ESTEVE REPRESENTADA POR 92 ATLETAS EM 17 MODALIDADES, NOS JOGOS OLÍMPICOS DE TÓQUIO 2020maisPipoca Mais Doce fala sobre re...Pipoca Mais Doce fala sobre rejeição: “Só se cura com tempo”DEPOIS DE SE TER SEPARADO DE RICARDO MARTINS PEREIRA, PIPOCA MAIS DOCE DESABAFOU, NAS REDES SOCIAIS, SOBRE COMO ULTRAPASSAR UMA REJEIÇÃOmaisRadialista francês já responde...Radialista francês já respondeu a Luís Franco-BastosO RADIALISTA DA RTL PHILIPPE CAVERIVIERE RESPONDEU E TAMBÉM PARTILHOU A RESPOSTA DE LUÍS FRANCO-BASTOSmaisNova estátua de Jesus Cristo n...Nova estátua de Jesus Cristo no Brasil vai ser maior do que a do Rio de JaneiroNA CIDADE BRASILEIRA DE ENCANTADO, NASCEU UMA NOVA ESTÁTUA DE JESUS CRISTO QUE SUPEROU O CRISTO REDENTOR DO RIO DE JANEIROmaisSurfista português surfou a ma...Surfista português surfou a maior onda do MundoA CONFIRMAÇÃO CHEGOU, ESTA SEGUNDA-FEIRA, E AGORA AGUARDA-SE A CERTIFICAÇÃO DO GUINESSmaisNão, as vacinas não te ligam à...Não, as vacinas não te ligam à Internet!OS RUMORES DE QUE ALGUMAS VACINAS DA COVID-19 NOS LIGAM À INTERNET LEVARAM O GOVERNO AUSTRALIANO A EMITIR UMA NOTA A GARANTIR O CONTRÁRIO. PARECE MENTIRA, MAS É VERDADE.maisLuís Franco-Bastos responde à ...Luís Franco-Bastos responde à letra a rádio francesa que goza com os portuguesesUM RADIALISTA FRANCÊS CRITICOU FORTEMENTE OS PORTUGUESES E LUÍS FRANCO-BASTOS RESPONDEU-LHE À LETRAmais"Já fiz xixi na gaveta dos doc..."Já fiz xixi na gaveta dos doces da cozinha” - a atriz Filipa Nascimento à RFMA ATRIZ DE "AMOR AMOR" ESTEVE EM DIRETO NO WI-FI DA RFM E FEZ REVELAÇÕES HILARIANTESmaisPrograma “Princípio, meio e fi...Programa “Princípio, meio e fim” inquietou o público e, no fim, conquistou-oA NOVA SÉRIE CRIADA POR BRUNO NOGUEIRA TROUXE À TELEVISÃO ORIGINALIDADE E MUITA CRIATIVADEmais
Top