Chef Kiko resolve no Café da Manhã

Imagina-te a abrir o frigorífico. E nada! Nada do que lá está te inspira a fazer o que quer que seja.

Isso vai acabar. Vai acabar porque o Chef Kiko vai ajudar-te. À sexta feira, o Chef Kiko vem até ao Café da Manhã para te dar dicas fabulosas sobre o que podes fazer na cozinha quando achas que não tens nada de jeito.

Nos primeiros dias ele vai resolver os problemas culinários do Pedro Fernandes, do Nilton e da Mariana Alvim, e depois... é capaz de vir a meter a colherada na tua despensa ou mesmo no teu frigorífico!

Hambúrgueres de Recheio de Peru

1 kg de carne moída de porco

500g de carne moída de vaca

3 colheres de sopa de azeite

3 colheres de sopa de castanhas picadas

3 colheres de sopa de sultanas

Salsa picada

Sal a gosto

Misturar todos os ingredientes e fazer pequenos hambúrgueres com essa mistura. Levar ao frigorífico durante, mais ou menos, 30 minutos para solidificar. Passar os hambúrgueres em farinha, ovo batido e pão ralado e voltar a guardar no frigorífico até ser altura de os preparar. Para finalizar, é só levar ao forno para assar durante 30 minutos a 190ºC. Temos assim uns Hambúrgueres já em modo Natal com sabor a recheio de Peru!

Cubinhos de Peru com Cornflakes

As crianças adoram cornflakes e vão ficar rendidas a esta receita! Cortar o Peru em cubos de 2cm por 2cm, temperar com azeite (para 1 kg de peru, temperar com 4 colheres de sopa de azeite), acrescentar sumo de 1 limão e sal. Para quem gostar, podem juntar alho bem picado. Envolver tudo e panar a carne em cornflakes. Levar ao forno, com os cubos todos separados uns dos outros, durante 20 minutos a 190ºC. Uma ideia fácil e que vai conquistar lá em casa!

Aletria de Chocolate

Faça a sua receita de Aletria habitual (tradicional ou não), mas quando misturar o leite acrescente 2 a 3 colheres de chocolate em pó. O Chocolate dá aquele toque diferente e fica uma Aletria ótima!

Sobras de Arroz

Com comida de ontem é só precisar dar um toque de hoje! Misturamos as sobras de arroz com os ingredientes que mais gostamos, como espinafres, queijo feta ou alheira (em pedaços sem a pele) e colocamos numa travessa. Acrescentamos por cima do arroz uma camada de massa filo, pincelamos com azeite, voltamos a colocar outra camada e pincelamos (e assim sucessivamente durante, mais ou menos, 3 ou 4 vezes). Levamos ao forno durante 10 minutos e conseguimos assim um arroz crocante, com a parte de cima em massa filo estaladiça a dar uma textura diferente. Fica óptimo!

Sobras de Legumes

Também podemos usar massa filo com as sobras dos legumes para conseguirmos um prato diferente só com o que temos no frigorífico! Começamos por triturar os legumes num robot de cozinha (ou picar à faca) e depois salteamos com um bocadinho de caril e temperamos com sal. Sempre que queremos fazer caril, devemos colocar primeiro o caril no azeite (ou óleo de coco). De seguida, estendemos um rectângulo de massa filo com cuidado, fazemos pequenos rectângulos compridos e pincelamos com azeite. Colocamos um pouco dos legumes salteados na extremidade de cada um desses rectângulos e vamos dobrando como se fosse um triângulo. Ajeitamos as pontas para dar a forma de uma chamuça, e, em vez de fritarmos, levamos ao forno durante 10 minutos. Chamuças de legumes mais saudáveis!

Maçãs

Laminar as maçãs, juntar nozes, temperar com açúcar, canela e cardamomo. Colocar as maçãs numa travessa sobre a massa filo e acrescentar outra camada de massa por cima. Pincelar com manteiga, levar ao forno durante 20 minutos e no final juntar uma calda de açúcar bem quente. A calda faz-se com a mesma quantidade de água e açúcar fervidas durante 10 minutos. Não é necessário colocar muita calda de açúcar, é só mesmo para dar um toque um pouco mais doce. Fica um espécie de Strudel bem mais rápido!

Nilton – Queijo

Às vezes, acumulamos vários tipos de queijo no frigorífico e depois não sabemos bem o que fazer com todos. Queijo fresco, mozzarella... todos são óptimos para serem utilizados em pizzas! Umas pizzas muito simples e que são um bom programa para fazerem com os miúdos lá em casa. Basta comprar aquelas tortilhas de farinha de trigo ou farinha de milho, colocar na frigideira, acrescentar polpa de tomate e os queijos triturados por cima. Depois é só completarmos com os ingredientes que quisermos. Os miúdos adoram sugerir! Lá em casa, cada um dos meus filhos sugere um diferente: fiambre, cogumelos... Uma receita fácil e que acaba por se tornar um momento divertido!

Importante: quando se está a fazer a pizza na frigideira, o lume deve estar no mínimo para o queijo derreter. Devemos colocar uma tampa por cima da frigideira e deixar ficar, mais ou menos, dois minutos para a tortilha ficar crocante e o queijo totalmente derretido.

Mariana - Ervas Aromáticas (Manjericão)

Molho de Pesto! Colocar dentro de uma liquidificadora as folhas de manjericão, cobrir com azeite, 1 dente de alho, um bocadinho de queijo (por exemplo, parmesão) e um bocadinho de pinhões. Depois é só triturar tudo. Há várias versões que podem fazer lá em casa. Podem usar outras ervas aromáticas, outros frutos secos, não precisam de colocar queijo e podem acrecentar malagueta. Basicamente é uma óptima forma de usar as ervas aromáticas, que vêm sempre em muita quantidade e às vezes não sabemos como conservar o resto das folhas. Triturar, juntar um fruto seco e azeite e temos uma pasta óptima!

Pedro - Amendoins

Os amendoins vão muito bem com sobremesas, massas e risotos. Neste caso, eu sugiro fazer um puré de batata doce com amendoim. Cozemos a batata doce, tiramos a pele, colocamos numa taça, trituramos a batata doce com uma varinha mágica, juntamos leite e manteiga (para 1 kg de batata doce, juntar 200g de manteiga e 200g de leite) e no final acrescentamos 2 chávenas de café de amendoins torrados. Para quem gostar, podem acrescentar também coentros. Triturar tudo e temperar com sal. Fica um puré de batata doce com amendoins maravilhoso!

Os problemas da estreia passaram por ovos, cenouras, peito de frango e iogurte natural

Pedro Fernandes - Ovos

Abrir o frigorífico e ter ovos é bom sinal! O ovo é um alimento super versátil. Desta vez, vou sugerir um Ovo Escalfado muito simples de fazer! Num prato fundo de sopa ou numa taça, colocamos água, 1 ovo e levamos ao micro-ondas durante 1:10 min ou 1:20 min (depende da potência do micro-ondas). E temos assim um ovo escalfado! Podemos colocá-lo em saladas, no pão ou em qualquer outro prato em que gostamos de acrescentar ovos.
Sugestão: quando terminamos um treino ou depois de fazermos algum desporto, comer um ovo escalfado é sempre a melhor maneira de recuperarmos energia! Depois de uma corridinha... já sabem!

Mariana Alvim - Cenouras

Duas coisas sobre as cenouras: primeiro, é preciso “ressuscitar” os ingredientes! Se temos lá em casa aquelas cenouras que já parecem um pouco murchas e sem vida, devemos colocá-las em água para voltarem a ficar hidratadas. Este processo leva, mais ou menos, entre 12 a 24 horas. Sugiro então fazermos um picle de cenouras com a técnica 3-2-1: 3 medidas de água (por exemplo, 3 chávenas de café de água), 2 de vinagre e 1 de açúcar. Aquecer esta solução e misturar a cenoura picada. Podemos juntar um bocadinho de alho e um bocadinho de malagueta. Depois guardamos num frasco hermeticamente fechado no frigorífico e aguenta, mais ou menos , 2 meses. Aqui está uma boa forma de aproveitarmos ingredientes que sobram e que muitas vezes não temos ideia do que fazer com eles. Tudo se aproveita!

Nilton - Peito de frango + Iogurte natural

Com peito de frango e iogurte natural temos um verdadeiro pitéu! Envolvemos o peito de frango no iogurte e acrescentamos sumo de lima e sal. Levamos ao forno durante 20 minutos, abrimos uma garrafa de vinho, bebemos um copo... sem esquecer o que temos no forno, claro! 20 minutos depois, temos um peito de frango altamente suculento e com um sabor maravilhoso!

  • Partilha:

Top