Wet Bad Gang e VIni Vici no MEO Sudoeste 2019

Wet Bad Gang e Vini Vici estiveram no MEO Sudoeste, no dia 9 de agosto.

Os Wet Bed Gang transformaram o MEO Sudoeste num "campo militar", pois estavam vestidos com fardas da tropa. Fizeram o público saltar e cantar do início ao fim do concerto, sendo que os sucessos mais cantados foram "Devia ir" e "Bairro".

São exemplo da vitalidade do hip hop nacional. Esta banda de Vialonga, composta por Zara G, GSon, Kroa e Zizzy, mostra invejáveis qualidades rítmicas e poéticas, não deixando ninguém indiferente

Em 2018 editaram o EP “IV”, que trouxe um conceito diferente: quatro músicas a solo, assinadas por cada um dos elementos da banda. Este registo e os inúmeros concertos dados fizeram com que este último ano fosse o ano da verdadeira explosão para os Wet Bed Gang. Em 2019 “23 de Maio” e “Bairro” (produzido por Lhast) são os mais recentes singles os Wet Bed Gang atuam dia 9 de agosto no Palco MEO.

Vini Vici

Apesar de ser uma dupla israelita de música eletrónica Vini Vici, composta por Aviram Saharai e Matan Kadosh, apenas um deles é que esteve em palco, mas não foi por isso que não deixou de aquecer o ambiente. Não parou um segundo e por isso ninguém conseguiu deixar o palco MEO.

Que se baseiano melhor da velha escola do trance em articulação com as ideias mais futuristas. O resultado é um som bem original e cativante, identificado com o género psytrance – e os Vini Vici são quase sempre apontados pela imprensa especializada como os melhores dentro do estilo. A colaboração com Armin van Van Buuren e Alok na faixa “United” ou o single “Gaia”, com Blastoyz e Jean Marie, são dois bons motivos para marcar presença no dia 9 de agosto no Palco MEO do MEO Sudoeste.

  • Partilha:

Top