XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX' width='0' style='display:none;visibility:hidden'>

Ele provou que o mundo é redondo e é português

Ana Margarida Oliveira



Os portugueses são pioneiros em tantas coisas! Fomos e somos muitas vezes os primeiros em diversas e variadas áreas e temos um orgulho sem fim por todas estas proezas, conquistas e sucessos!


Sucede que faz 500 anos que o português Fernão de Magalhães partiu de Espanha, pago por espanhóis para uma viagem que tinha um objetivo – que mais à frente já explicamos – e que acabou por provar algo de que já se desconfiava ou até já se sabia, mas que carecia de ser provado: o mundo é “redondo”.

A célebre viagem de circum-navegação, comandada pelo português Fernão de Magalhães, começou a 20 de setembro de 1519, há 500 anos!!


Só que, como dissemos em cima, o objetivo da viagem não era de todo provar que a terra era redonda ou se circum-navegava! O propósito da viagem era saber se as ilhas Molucas eram portuguesas ou espanholas.

Porquê? Porque o Tratado de Tordesilhas, celebrado em 1494, determinava que o mundo se dividia ao meio. Portugal tinha direito a todas as terras descobertas, fora da Europa, a leste do meridiano que passava a 370 léguas a oeste do arquipélago de Cabo Verde. Espanha ficava com os territórios descobertos a oeste deste meridiano.



Só que a chegada dos portugueses às ilhas Molucas levantou a famosa “Questão das Molucas”, quase um “Molucas-gate”, se fosse nos dias de hoje! Isto porque do outro lado do mundo a demarcação do Tratado de Tordesilhas não era clara.

Portugueses e espanhóis demandavam pela posse das ilhas Molucas, riquíssimas em especiarias, uma vez que estas ficavam no limite que o Tratado impunha: o mundo, a leste das Molucas, pertencia a Espanha e a oeste a Portugal.

O português Fernão de Magalhães partiu, em 1519, ao serviço do rei espanhol, para fazer uma viagem que pretendia provar que as Molucas pertenciam a Espanha.
Para isso, este navegador seguiu pelo Oceano Atlântico, para oeste, procurando o fim do continente sul-americano, de forma a entrar na parte espanhola do mundo.





E o resultado foi a realização da primeira viagem de circum-navegação ao mundo e a prova de que o mundo era redondo!

Fernão de Magalhães não chegou a concluir a viagem, pois foi morto numa rixa, nas Filipinas, em abril de 1521, mas um outro navegador da mesma frota chegou às Molucas.

Esta viagem provou que a Terra é redonda, mas a questão da posse das Molucas manteve-se! Só em 1529, a contenda ficou resolvida, com a assinatura do Tratado de Saragoça que determinou que Portugal ficava com as Molucas e o exclusivo do comércio do cravinho em troca do pagamento de uma elevada quantia a Espanha.


Voltando à viagem de circum-navegação: Fernão de Magalhães saiu do Oceano Atlântico por um estreito, então chamado de Todos os Santos, atingindo depois o Oceano Pacífico. O estreito que une os dois oceanos tem o nome de Fernão: Estreito de Magalhães.


Por aqui passou, pela primeira vez, um português!

  • Partilha:

Top