Braçadeira que Ronaldo atirou ao chão é leiloada para ajudar criança doente

O DINHEIRO ANGARIADO VAI SER UTILIZADO NO TRATAMENTO DE UMA CRIANÇA COM UMA DOENÇA RARA

Madalena Costa


O momento em que Cristiano Ronaldo atirou a sua braçadeira de capitão, no jogo entre a Sérvia e Portugal, correu mundo. A frustração e a revolta levaram a melhor do capitão da seleção nacional e, por isso, a sua atitude já deu muito que falar.


A braçadeira atirada, que até foi entrevistada por Luís Franco-Bastos, pode valer-lhe um castigo, mas também pode ajudar uma criança com uma doença rara.


No final do jogo, que aconteceu no sábado, um funcionário do estádio apanhou a braçadeira e entregou-a a uma instituição de caridade sérvia está agora a leiloá-la.



O propósito é o de ajudar Gavril Durdevic, uma criança que tem seis meses e que sofre de atrofia muscular espinhal. Para o tratamento, precisa de dois milhões e meio de euros e a família não tem possibilidades de reunir esse valor.



A pessoa que doar o valor mais elevado pela braçadeira de Cristiano Ronaldo pode ficar com uma recordação para a vida e ainda ajudar quem mais precisa.


Na realidade, a revolta do nosso capitão não foi totalmente em vão...


  • Partilha:

Artigos Recomendados
Top