RFM - Só Grandes Músicas

Produção da Netflix vai ser gravada no centro de Lisboa e freguesia teme "impacto negativo" nos residentes

A FREGUESIA DE SANTA MARIA MAIOR, EM LISBOA, VAI SER PALCO DE UMA PRODUÇÃO DA NETFLIX. A JUNTA TEME QUE PONHA EM CAUSA O DESCANSO DOS RESIDENTES

Jéssica Santos


Lisboa é cada vez mais um cenário requisitado para filmes ou séries.

Primeiro, foi "La Casa de Papel" que viu no Bairro Alto o palco perfeito para gravar algumas das cenas. Agora, uma outra produção da Netflix também vai tomar o centro de Lisboa de assalto e, apesar de ser sempre um motivo de orgulho, nem todos se mostram contentes com esta hipótese.


O anúncio foi feito pela Junta de Freguesia de Santa Maria Maior - que engloba os bairros de Alfama, Baixa, Chiado, Castelo, e Mouraria - num comunicado no Facebook, que diz que, durante oito noites seguidas, em julho, estão previstas gravações de uma nova produção para Netflix pela produtora portuguesa Ready to Shoot.


A Junta de Freguesia de Santa Maria Maior teme o "impacto negativo" que possa ter nos residentes. "Está em causa o direito ao descanso dos moradores, assim como os direitos de circulação, acesso e estacionamento, em consequência da ocupação massiva que as filmagens acarretam", lê-se na publicação.


As filmagens que vão acontecer em julho, entre as 18 horas e as 8 horas do dia seguinte, vão recorrer a efeitos de fogo, armas de fogo, colisões entre automóveis, perseguições com automóveis e motociclos, perseguições de motociclos pelas escadas e escadinhas dos bairros e outros diversos efeitos especiais na Baixa, Chiado e Mouraria. E tal como refere a Junta de Freguesia "não deixarão de provocar um grande incómodo para a população residente, sobretudo para as famílias com crianças e para os idosos".


Estas filmagens poderão condicionar o descanso dos moradores e os direitos de circulação, acesso e estacionamento.



A Junta disse ainda que não tem poderes para impedir as gravações - apenas a Câmara Municipal de Lisboa - e mostrou-se disponível para encontrarem uma "solução razoável".


Apesar de ser uma grande notícia - é sempre uma honra saber que Lisboa vai aparecer numa produção - não deixa de ter o seu lado menos positivo, sobretudo para quem vive nestes bairros.


  • Partilha:

Top