Os segredos para fazer com que os fins de semana pareçam maiores

ENQUANTO O FIM DE SEMANA CONTINUA A SER APENAS DOIS DIAS, VAMOS ARRANJAR FORMAS DE O TORNAR MAIOR SEM O TORNAR

Jéssica Santos


Vamos chamar pelo fim de semana para ver se ele chega mais rápido?


Fim de semana é jantares até mais tarde, acordar sem despertador, dias sem horários, ficar na cama na ronha, visitar amigos ou familiares, ficar dias inteiros na praia ou no sofá a fazer maratonas de filmes ou a começar e a acabar uma série, saídas à noite e de ressaca no dia seguinte, descobrir novos restaurantes ou lugares e é também chegar ao final da tarde de domingo com aquele misto de sentimentos de felicidade pelos dias que viveste e de stress que antecede sempre as segundas-feiras.

Todos gostamos e precisamos de fins de semana. Tanto que muitas vezes nos sabem a pouco. Passamos a semana inteira a planear o fim de semana para depois passar num sopro.
Por isso é que fomos procurar algumas formas para os tornar maiores. Enquanto não chegam as semanas de trabalho de quatro dias, há dicas e truques para ficarmos com a sensação de que os fins de semana foram prolongados sem o ser.

De acordo com David Eagleman, professor da Universidade de Stanford e autor do livro “O cérebro em ação”, procurar novos cenários, atividades e experiências é a melhor maneira para “esticar o tempo”. Tudo se resume ao que o cérebro perceciona como novo. Quando estás a fazer ou a viver algo novo, o teu cérebro foca-se mais em captar tudo para criar assim uma memória mais completa da experiência. E quando refletes sobre essa memória, parece que durou mais tempo do que aquilo que realmente foi.

E o mesmo funciona ao contrário. Se ao fim de semana tiveres uma rotina semelhante à da semana não te lembrarás muito do fim de semana quando chegares à segunda-feira. Vai parecer que o fim de semana voou porque não estavas a dar ao teu cérebro novos dados para incorporar.

Procurar por coisas novas para fazer ao fim de semana não tem de ser uma tarefa difícil. Quando se fala em sair da rotina não tem de ser necessariamente saltar de paraquedas. Só precisas de encontrar planos que saiam da tua rotina normal.



Por exemplo:


- Passar o fim de semana a descobrir uma nova cidade ou aldeia;

- Fazer um trilho na natureza;

- Experimentar um novo restaurante;

- Fazer um passeio de bicicleta pela cidade;

- Ir à praia – seja verão ou inverno, sabe sempre bem;

- Ir a uma livraria e comprar um livro;

- Ir a uma feira ou a um mercado;

- Ir ao teatro ou cinema;

- Desliga-te das redes sociais;


- Não durmas até tão tarde. É verdade que podemos usar os fins de semana para recuperar sono, mas os especialistas em sono defendem que dormir até tarde pode atrapalhar o teu ciclo de sono;

- Evita compromissos, o “tenho de fazer”, ou obrigações. O fim de semana é para descansar.



Às vezes, basta apenas mudares de ambiente para o teu cérebro ficar logo entusiasmado. Em vez de leres um livro na sala, vai até um jardim ou parque. Queres comer fora, mas não te apetece gastar dinheiro num restaurante? Faz um piquenique.

Fazer coisas diferentes pode ter duas sensações: no presente, sentes que passou muito rápido, mas depois, às segundas-feiras acordas com a sensação que aproveitaste bem o fim de semana e começas a semana com as baterias carregadas. E isso é, segundo David Eagleman, o suficiente para te dar a sensação que o fim de semana pareceu maior do que aquilo que foi na verdade.


  • Partilha:

Artigos Recomendados
Tens um filho adolescente que ...Tens um filho adolescente que não ouve aquilo que dizes? Não é por má vontade, explica este estudoNEM SEMPRE É MÁ VONTADE QUANDO OS ADOLESCENTES IGNORAM AQUILO QUE AS MÃES DIZEM. HÁ OUTRAS RAZÕES AGORA EXPLICADAS POR UM ESTUDOmaisFilha de Laura Figueiredo e Mi...Filha de Laura Figueiredo e Mickael Carreira encanta a cantar para o paiA PEQUENA BEATRIZ CANTOU UM EXCERTO DE UMA MÚSICA E DEDICOU-A, DE FORMA CARINHOSA, AO PAI, MICKAEL CARREIRAmaisEnfermeira portuguesa consider...Enfermeira portuguesa considerada "Enfermeira do Ano" após ter enfrentado grupo nas UrgênciasVIRGÍNIA AZEVEDO É ENFERMEIRA E NUMA NOITE DE TRABALHO NAS URGÊNCIAS DO HOSPITAL DE FAMALICÃO FOI SURPREENDIDA COM UM GRUPO DE 10 PESSOAS QUE AGREDIRAM UM DOS SEUS COLEGASmaisCarlão é surpreendido por "rec...Carlão é surpreendido por "recado" dos filhos de Tânia Ribas de OliveiraOS FILHOS DE TÂNIA RIBAS DE OLIVEIRA PEDIRAM-LHE QUE ENVIASSE UMA MENSAGEM ESPECIAL AO CARLÃOmais"Que barulho é este, na RFM?" ..."Que barulho é este, na RFM?" Vê aqui os palpites errados"Que barulho é este, na RFM?" o jogo que está a deixar os portugueses colados à rádio. Estão 150 mil euros em jogomaisCarolina Deslandes: “Eu tenho ...Carolina Deslandes: “Eu tenho a pior história de sempre do Rock in Rio”CAROLINA DESLANDES ATUOU NO ROCK IN RIO, EM 2018, E DIZ QUE AÍ VIVEU A "PIOR HISTÓRIA DE SEMPRE"maisPatron, o cão que faz parte do...Patron, o cão que faz parte do exército ucraniano e que foi condecorado por ZelenskyPATRON É UM CÃO QUE FAZ PARTE DO EXÉRCITO UCRANIANO E QUE DESDE O INÍCIO DA GUERRA JÁ AJUDOU A DETETAR MAIS DE 150 MINAS RUSSASmaisApós um dérbi, jogadoras de fu...Após um dérbi, jogadoras de futebol feminino do Benfica e do Sporting têm um grande momento de fair-playMOMENTOS DEPOIS DO APITO FINAL DO JOGO ENTRE O BENFICA E O SPORTING, DUAS JOGADORAS ABRAÇARAM-SE NUM MOMENTO DE GRANDE FAIR-PLAYmaisMenina ucraniana fugiu da guer...Menina ucraniana fugiu da guerra, veio para Portugal e já sabe cantar música de Sara CarreiraMARIIA CHEGOU A PORTUGAL HÁ UM MÊS E MEIO E DECIDIU APRENDER A MÚSICA "LEVA-ME A VIAJAR" DE SARA CARREIRAmais
Top