Lata de atum português é encontrada em caixa de alimentos do exército russo

A MARCA PORTUGUESA FEZ UMA DOAÇÃO DE 24 MIL LATAS PARA A UCRÂNIA E, POR ISSO, NÃO SABE COMO É QUE ALGUMAS CHEGARAM AO EXÉRCITO RUSSO

Madalena Costa


É algo insólito e causou logo alguma surpresa em quem o viu! Um jornalista português, que está a cobrir a guerra na Ucrânia, encontrou uma lata de atum português da marca "Bom Petisco" entre mantimentos para o exército russo.


A imagem foi partilhada pelo próprio que, neste caso, é o jornalista Filipe Caetano, da "CNN Portugal", no Twitter e rapidamente deu que falar. A descoberta do jornalista lançou rapidamente a questão sobre como é que uma lata de atum português estava entre os alimentos de uma caixa de ração de combate russa.



A Cofaco, dona da marca "Bom Petisco", tentou de imediato perceber o que tinha acontecido e, por isso, pediu ao canal português para identificar o lote da conversa para fazerem o “rastreio da lata desde a origem até à saída da empresa.”

E foi assim que encontraram a resposta!


Na realidade, a empresa portuguesa doou 24 mil latas de conserva à Ucrânia, desde que a guerra começou, e o destino final seria Lviv.


Assim, a Cofaco explicou, em declarações ao "Observador", que "o que de errado se passou — e algo de errado certamente se passou — ocorreu já em solo ucraniano e em circunstâncias que são do nosso desconhecimento. A Associação dos Ucranianos em Portugal [que tinha enviado os mantimentos] já foi informada desta ocorrência.”


Esta justificação junta-se ainda a uma outra da mesma empresa, que explicou que "não exporta para a Rússia, não se encontra habilitada a exportar para a Rússia, nem possui conhecimento de que qualquer cliente seu, português ou estrangeiro, que o faça”.


Tanto os exércitos ucraniano e russo recebem pacotes de ração, intitulados MRE (Meals Ready to Eat), que são geralmente compostos por alimentos não perecíveis, como enlatados e bolachas, mas o "Observador" dá conta de que têm existido problemas nesse abastecimento. Os soldados russos têm recebido poucos mantimentos e muitos já foram para o terreno com alimentos fora do prazo.


  • Partilha:

Artigos Recomendados
"Que barulho é este, na RFM?" ..."Que barulho é este, na RFM?" Vê aqui os palpites errados"Que barulho é este, na RFM?" o jogo que está a deixar os portugueses colados à rádio. Estão 150 mil euros em jogomais"Pilar Solar": este fenómeno i..."Pilar Solar": este fenómeno iluminou os céus de Portugal e intrigou quem o viuEM MUITAS REGIÕES PORTUGUESAS, FOI VISÍVEL UM FENÓMENO METEOROLÓGICO RARO E INTRIGANTEmaisNova tendência: Ténis com ar v...Nova tendência: Ténis com ar velho e destruídoMARCA LANÇA TÉNIS PARIS SNEAKER COM AR USADO, SUJO E VELHOmaisNa Coreia do Sul, assim que os...Na Coreia do Sul, assim que os bebés nascem têm logo um ano (e há casos em que têm dois)ESTE MÉTODO DE CONTAGEM DA IDADE NA COREIA DO SUL TEM TIDO CONSEQUÊNCIAS A NÍVEL ECONÓMICO E SOCIAL. UM BEBÉ QUE NASCE EM DEZEMBRO TEM LOGO DOIS ANOSmaisEstes sítios têm mais germes e...Estes sítios têm mais germes e bactérias do que a tua casa de banhoPENSAVAS QUE AS CASAS DE BANHO ERAM OS ÚNICOS SÍTIOS QUE ACUMULAVAM MUITOS GERMES? ESTÁS ENGANADO!maisA reação efusiva e feliz de Ma...A reação efusiva e feliz de Maro ao saber que passou à final da EurovisãoMARO E A MÚSICA "SAUDADE, SAUDADE" PASSARAM À FINAL DO FESTIVAL EUROVISÃO DA CANÇÃO E FEZ-SE A FESTAmaisMaro está na final da Eurovisã...Maro está na final da Eurovisão. Quem é esta artista?MARO TEM 26 ANOS, CINCO DISCOS EDITADOS E É A MAIS RECENTE VENCEDORA DO FESTIVAL DA CANÇÃOmaisOs segredos para fazer com que...Os segredos para fazer com que os fins de semana pareçam maioresENQUANTO O FIM DE SEMANA CONTINUA A SER APENAS DOIS DIAS, VAMOS ARRANJAR FORMAS DE O TORNAR MAIOR SEM O TORNARmaisCaracóis são ricos em proteína...Caracóis são ricos em proteínas e pobres em gordurasESTÁ ABERTA A ÉPOCA DOS CARACÓIS. É UM PETISCO PORTUGUÊS QUE FAZ AS DELÍCIAS DE MUITOS EM ESPLANADAS E COM AMIGOSmais
Top