Cliente entrega gorjeta de 3 mil euros e 3 meses depois pediu-a de volta

FUNCIONÁRIA DE UM RESTAURANTE RECEBE 3 MIL DÓLARES, MAL SABIA ELA O QUE A ESPERAVA


Alguma vez deste uma gorjeta e no minuto a seguir arrependeste-te? Achaste que foste demasiado generoso?

Foi mais ou menos isso que aconteceu em Scranton, na Pensilvânia, Estados Unidos. Uma funcionária de um restaurante na Pensilvânia sofreu esse arrependimento na primeira pessoa.

Mariana Lambert, empregada no restaurante “Alfredo’s Cafe” em Scranton, que aparece na famosa série “The Office”, recebeu de forma inesperada uma gorjeta de 3 mil euros. O que parecia ter sido uma boa surpresa acabou por se tornar num assunto que só trouxe complicações.

A conta foi de 13,25 dólares e tal foi o espanto de Mariana quando o cliente, identificado como Eric Smith, quis dar uma gorjeta de três mil euros, avança o Notícias ao Minuto.

A funcionária dirigiu-se para o gabinete do gerente, Matt Martini, a chorar com a surpresa, diz Josh Roe do News Channel 9, no Twitter.



O gerente ao saber da notícia, foi ter com o cliente para confirmar o sucedido e perguntar-lhe o significado de “Tips For Jesus”, escrito no talão. “Tips for Jesus” é um movimento nos Estados Unidos, em que o objetivo é dar grandes gorjetas em nome de Jesus.


A confirmação pelo gerente foi feita, segundo conta Mariana Lambert à estação televisiva local WNEP, citada pela Notícias ao minuto

"Passámos o cartão e resultou. Também ficámos com uma cópia do seu cartão de identificação. Os clientes esperaram para ver se estava tudo bem e foram embora. Isto foi real".

O que a funcionária não esperava é que passados três meses, o proprietário do restaurante fosse receber uma carta de Eric a pedir a devolução da gorjeta, segundo o New York Post, citado pela Notícias ao Minuto.

Zachary Jacobson, o proprietário, tentou contactar o cliente, mas não obteve qualquer tipo de resposta e a autorização do pagamento foi cancelada.

A atitude de Eric foi muito mal vista e Zachary, que já tinha adiantado a gorjeta à sua funcionária, decidiu processá-lo.

O que começou por parecer um sonho tornou-se um pesadelo que acabou em tribunal.


  • Partilha:

Top