Lewis Capaldi já confirmou presença no Meo Sudoeste 2021

LEWIS CAPALDI, BLACKBEAR, OZUNA, TIMMY TRUMPET, MELIM, MAJOR LAZER, BAD BUNNY, MEDUZA, PROFJAM E BISPO NÃO VÃO FALTAR

Teresa Lage

A 24ª edição do Meo Sudoeste está agora anunciada para 3 a 7 agosto 2021 (Abertura do campismo a 31 julho) na Zambujeira do Mar

Depois de várias (re)confirmações já anunciadas, há mais um nome a garantir a sua presença em 2021 - Lewis Capaldi, o músico escocês que se tornou num verdadeiro fenómeno de popularidade

Depois da (re)confirmação, também ela vencedora, de blackbear, o cartaz continua a ter espaço para receber outros grandes nomes da música e o melhor exemplo disso é a nova confirmação: Lewis Capaldi, atua dia 4 de agosto, no Palco MEO.

Confirmadas para a próxima edição do Meo Sudoeste estão já também as presenças de MAJOR LAZER, BAD BUNNY, OZUNA, MEDUZA, TIMMY TRUMPET, PROFJAM, BISPO, DEEJAY TELIO E MELIM

MEO Sudoeste 2021

4 de agosto Palco MEO – Bad Bunny, Lewis Capaldi, ProfJam

5 de agosto Palco MEO – Major Lazer, Blackbear, Meduza, Deejay Telio

6 de agosto Palco MEO – Ozuna, Melim

7 de agosto Palco MEO – Timmy Trumpet, Bispo


Já está disponível nas lojas FNAC* e em fnac.pt, em edição limitada, o Fã Pack FNAC MEO Sudoeste que Inclui: 1 Passe geral, 1 Fanny Pack MSW

E há ainda 55 packs premiados: 25 com upgrade exclusivo duplo (acesso à zona exclusiva em frente ao palco MEO), 20 com acesso duplo à zona VIP e 10 com uma tour pelo backstage para duas pessoas.

Já à venda em exclusivo da loja online MEO (meo.pt), está também a edição especial limitada do Pack Tribo MSW que inclui 5 passes para todos os dias do Festival com 9 dias de campismo grátis, pelo preço imbatível de 450€, representando uma poupança de 75€ no pack de 5 bilhetes.

MEO Sudoeste, junta-te à Tribo!



LEWIS CAPALDI

Lewis Capaldi é um dos maiores fenómenos musicais dos últimos dois anos, arrebatando fãs um pouco por todo o mundo. O músico de Glasgow começou a agitar o mercado musical ainda no ano de 2017, altura em que editou o single de estreia "Bruises", um tema que explorava o fim de um relacionamento num tom taciturno e, ao mesmo tempo, pungente, mostrando a voz diferenciada de Lewis, com uma rara capacidade de emocionar quem o ouve. Este tema foi suficiente para colocar o nome de Capaldi no mapa - e hoje, no YouTube, o vídeo de "Bruises" já conta com quase 50 milhões de visualizações. Tudo isto aconteceu ainda antes da edição do segundo single, "Lost on You", outro sucesso imediato. Assim que assinou contrato com a Virgin Records, Capaldi incluiu estes dois singles no seu EP de estreia, "Bloom".

Em poucos meses já era um fenómeno de popularidade e esse sucesso foi coroado com um Scottish Music Award na categoria de Artista Revelação do Ano.

A primeira metade do ano de 2018 foi passada a capitalizar esta ascenção meteórica: Lewis correu os Estados Unidos e grande parte da Europa a dar concertos. E os meses seguintes trouxeram mais dois singles com essa capacidade de tocar multidões: "Rush", com Jessie Reyez, e "Tough". Mas o melhor ainda estava para vir e chegou definitivamente com a edição do primeiro disco.

"Divinely Uninspired to a Hellish Extent" saiu em 2019 e logo passou para número um, tanto no Reino Unido como na Irlanda, sendo o disco mais vendido desse ano nos dois países. O single "Someone You Loved" também saltou para o topo da tabela de singles do Reino Unido, permanecendo por lá durante sete semanas consecutivas – também foi primeiro nos Estados Unidos, Canadá, Escócia, Malásia, República Checa, entre outros países. "Someone You Loved" tem mais de 300 milhões de visualizações no YouTube e é certamente um dos temas que promete conquistar o público do MEO Sudoeste, dia 4 de agosto, no Palco MEO, numa estreia a não perder!


BLACKBEAR

blackbear é um dos nomes emergentes do panorama da música pop. O ponto de viragem da sua carreira deu-se com “Boyfriend”, um dos estrondosos hits de Justin Bieber. Nessa altura, o músico de Hollywood reinventou-se enquanto rapper, aproximou-se do r&b, inaugurando dessa forma uma nova fase da sua carreira. O primeiro disco, “Deadroses”, editado em 2015, foi mais um passo na consolidação do seu nome como um dos músicos mais promissores da sua geração. Nos anos seguintes editou mais três álbuns, entre outros singles. Em 2018 colaborou com Mike Shinoda no tema “About You” e com DVBBS no tema “IDWK”. Em 2019 regressou aos discos com “Anonymous”, o seu registo mais longo até agora, marcado pelo facto de chegar depois de blackbear ultrapassar um problema de saúde, o que faz deste um álbum cheio de significado.O músico vai poder partilhar todas essas emoções com o público português, dia 5 agosto de 2021, no Palco MEO do MEO Sudoeste.


OZUNA

Ozuna é um cantor e compositor porto-riquenho que lidera a nova geração de músicos latinos e levou ao rubro em 2019 o RFM Somnii Apesar de a ter uma carreira com poucos anos, Ozuna conta com mais de 105 nomeações e 56 prémios no seu currículo. Já colaborou com nomes como Daddy Yankee, Luis Fonsi, Nicky Jam, DJ Snake, Cardi B, Selena Gomez, Post Malone, Snoop Dogg, Rosalía, Anitta, entre outros Em 2019 editou digitalmente o álbum “Nibiru”, que chegou às lojas, em Portugal, em fevereiro 2020. "Baila Baila Baila" e "Amor Genuino" são singles que provam a excelente forma de Ozuna

TIMMY TRUMPET

Timmy Trumpet é um dos principais produtores e DJs australianos. Dá mais de 200 concertos por ano, com passagens por eventos tão míticos como Tomorrowland, Creamfields, Parookaville, Airbeat-One, Balaton Sound, Dance Valley, entre outros. Entre os principais sucessos de Timmy Trumpet estão "Horny", em colaboração com DJ Tenzin, ou "Freaks", com o rapper Savage –com milhões de audições no Spotify. O ano de 2018 foi um ano em grande para o produtor australiano, com atuações em toda a parte e colaborações com nomes como Hardwell, em "The Underground", ou Vini Vici.


DEEJAY TELIO

Telio Monteiro é Deejay Telio, uma das principais revelações do hip hop feito em língua portuguesa. Responsável por alguns dos grandes hits a soar em Angola nos últimos anos, a verdade é que Deejay Telio também tem conquistado o público português com os seus irresistíveis ritmos angolanos


MELIM

Quando se vê os irmãos Melim a tocarem juntos, imagina-se que eles cresceram a fazer música juntos. No entanto. Diogo e Rodrigo, que são gémeos, e Gabi só se juntaram há pouco tempo, mas a química foi tão evidente que o sucesso era algo inevitável. Gabi e os gémeos já tiveram canções lançadas por nomes como Ivete Sangalo e Luan Santana (dueto “Zero a Dez”), a dupla Jorge e Mateus com Psirico (“Outras Flores”) e o grupo de pagode Sorriso Maroto (“Ela Não é Você”)…. e Fernando Daniel ( "Se eu")


MAJOR LAZER

Hoje os Major Lazer são uns dos gigantes da música eletrónica a nível mundial. Tudo começou em 2008, quando os produtores Diplo e Switch começaram a trabalhar juntos no primeiro disco da cantora M.I.A. e, depois, também com Santigold. O primeiro disco da dupla saiu em 2009. “Guns Don’t Kill People… Lazers Do” já tinha alguns dos elementos mais característicos da banda, como a eletrónica cativante e o reggae sempre à espreita. O segundo disco, “Free The Universe” editado em 2013, continuou nessa senda de sucesso e incluiu as participações de algumas estrelas da música de dança como Vybz Kartel, Busy Signal, Mr. Vegas, Nina Sky, Amanda Black, entre outros. O single “Hold the Line” explodiu em todo o mundo. Em 2012 juntaram-se a Snoop Dogg e editaram o tema “La La La” Em 2015 editaram o seu terceiro disco: “Peace Is The Mission”, onde se encontra “Lean On”, uma colaboração com DJ Snake e MØ na voz. Seguiu-se um sucesso à escala planetária: “Cold Water”, com a participação de Justin Bieber e MØ e colaborações com estrelas como Beyoncé, Nicki Minaj e Ariana Grande. Entretanto, continua a espera por “Lazerism”, o quarto disco dos Major Lazer. "Make It Hot" com Anitta e com "Que Calor" com J Balvin e El Alfa são dois dos temas já conhecidos e, também, dois dos temas mais esperados pelo público português no concerto remarcado para dia 5 de agosto de 2021, no Palco MEO do MEO Sudoeste.



BAD BUNNY

Bad Bunny é um dos nomes mais fortes da música latina da atualidade. Desde que entrou em cena, em 2016, o cantor, rapper e produtor porto-riquenho está na linha da frente das novas tendências da música urbana com sabor latino. Bad Bunny nasceu em 1994, com o nome de batismo Benito Antonio Martínez Ocasio. O pequeno Benito começou a cantar com apenas cinco anos influenciado por nomes como Héctor Lavoe, Vito C, Daddy Yankee e Marc Anthony. Estudou comunicação audiovisual em Porto Rico, começou a trabalhar num supermercado e nunca desistiu de fazer a sua música, publicando essas primeiras canções na plataforma SoundCloud. . Depois só no ano de 2018, o seu nome aparece por quatro vezes no top de singles mais vendidos, alcançando mesmo a primeira posição com o tema “I Like It” da rapper Cardi B, também com a participação de J Balvin. O seu disco de estreia, “X 100PRE”, também editado em 2018, alcançou o primeiro lugar na tabela de discos mais vendidos do universo latino. O sucesso comercial de Bad Bunny deve-se à sua energia contagiante e a uma abordagem eclética, capaz de misturar soul latino, pop, R&B, Músicas como “Mia”, com a participação de Drake e com mais de 1.000 milhões de visualizações no YouTube, asseguram um concerto inesquecível no Palco MEO, no dia 4 de agosto de 2021 no MEO Sudoeste.


MEDUZA

Tudo começou com o encontro entre três produtores italianos. Luke Degree, Matt Madwill e Simon de Jano começaram a trabalhar juntos em 2014 com o objetivo de criar instrumentais para rap. Depois de alguns anos de colaborações ocasionais, os três amigos decidiram criar este som fortemente influenciado pela música house, que batizaram como Meduza em 2018. “Piece Of Your Heart” foi primeiro som a conquistar as pistas de dança de todo o mundo. Com a colaboração dos produtores britânicos Goodboys, a toada hipnótica desta faixa não deixou ninguém indiferente. Os números não enganam: ultrapassaram o bilião de streams, alcançaram a dupla platina no Reino Unido, foram nomeados para um Grammy e puseram esta música house a tocar nas rádios de todo o mundo. “Lose Control”, editado em outubro de 2019 com a colaboração de Goodboys e Becky Hill, bateu mais uma série de números impressionantes, feitos de milhões de ouvintes em todo o mundo, e consolidou este trio italiano como um dos principais fenómenos de popularidade dos últimos anos. A sua energia ao vivo é contagiante e vai poder ser sentida no Palco MEO do MEO Sudoeste no dia 5 de agosto de 2021.


BISPO

De Mem Martins para todo o país, Bispo tem conquistado o seu espaço aos poucos, desde que em 2003 decidiu levar a música mais a sério, trabalhando para ser um dos nomes mais relevantes do hip hop português. Depois das mixtapes “Recomeço” e “Passo a Passo”, Bispo lançou “Bispoterapia” em 2014, um EP em colaboração com o produtor “Intakto”. Um ano depois chegou esse muito aguardado primeiro álbum de originais, “Desde a Origem”,com participações de Sam the Kid e Maze (Dealema). Depois foi com Fumaxa, que editou o EP “Fora D’Horas”, um dos momentos altos do hip hop português no ano de 2017. O single “NÓS2” rebentou nas rádios em 2018 e que serviu de aperitivo para o próximo disco do rapper de Mem Martins. Hoje Bispo é um dos nomes mais promissores do hip hop nacional, destacando-se pela sua lírica e por uma energia contagiante em palco, algo que vai ser sentido por todos aqueles que marcarem presença no próximo MEO Sudoeste. Bispo mantém-se fiel ao seu compromisso e atua dia 7 de agosto de 2021, no Palco MEO.


PROFJAM

ProfJam tem vindo a desenhar um dos mais personalizados e interessantes percursos artísticos no hip hop nacional, apostando numa postura e numa sonoridade que o colocam num campeonato que é só seu. O rapper estreou-se em 2014 com a mixtape “The Big Banger Theory”. “Mixtakes” foi o passo seguinte, um registo destacado como um dos melhores de 2016 e que incluía outro clássico: “Queq Queres”. Em 2018, o rapper lançou os temas “Yabba” e “Gwapo” (com a participação de Yuzi, um dos artistas da sua Think Music) e ambos alcançaram números bem expressivos nas plataformas de streaming. “Xamã” e “Mortalhas”, temas lançados em 2017, atingiram milhões de visualizações no YouTube. “Água de Coco” foi o primeiro single do muito aguardado disco “#FFFFFF”, editado em 2019 e produzido por Lhast. Depois desse tremendo sucesso – o vídeo já passou os 12 milhões de visualizações. Lhast assina o beat e o gancho do refrão de “Tou Bem”, uma afirmação da felicidade e do bom caminho que ambos os artistas encontraram e agora percorrem. “#FFFFFF” tem uma história para contar. ‘Só dou à palavra o que eu vejo’, explica o rapper. E com ele, vemos todos nós. A 24ª edição do MEO Sudoeste continua a ser uma bela oportunidade para ficar a conhecer melhor esta história arquitetada por um dos rappers do momento. E essa oportunidade já tem nova data marcada: dia 4 de agosto de 2021, no Palco MEO do MEO Sudoeste.


Após a proibição de festivais de Verão decretada pelo governo, a 24ª edição do festival Meo Sudoeste 2020 agendado para 4 a 8 de Agosto, na Zambujeira do Mar, foi adiada para os dias 3 a 7 de agosto de 2021, com a abertura do campismo a 31 de julho.

A Música no Coração diz estar já a trabalhar para manter o mesmo ou, se possível, anda melhorar o cartaz, para as novas datas em 2021 e promete mais novidades para breve. A RFM, rádio oficial do Meo Sudoeste promete atualizar aqui todas as notícias sobre o festival


Dia 5 de Agosto, no dia em que, se não tivesse aparecido a pandemia deveria ter inicio o Meo Sudoeste 2020. O Meo Sudoeste assinalou a data com um evento com showcases de dois dos músicos anunciados para a 24ª edição do festival - os portugueses Bispo e Profjam e confirmou mais 4 nomes para o Meo Sudoeste de 2021: Ozuna, Timmy Trumpet,Deejay Telio e Melim

A RFM, radio oficial do festival esteve na Zambujeira do mar para contar tudo em direto, vê aqui o video


 

  • Partilha:

Top