São os cães que sofrem mais com o desconfinamento

FICA ATENTO AO COMPORTAMENTO DO TEU AMIGO DE QUATRO PATAS, AGORA QUE COMEÇAS A DESCONFINAR

Jéssica Santos


A quarentena pode ter sido difícil para muitos, menos para os cães. Este foi um período em que animais e donos estreitaram as suas relações. Houve mais atenção, mais momentos de companheirismo com os seus donos, passeios e muito mimo.



Mas agora com o desconfinamento, são os cães que sofrem mais. Especialistas afirmam que o regresso à nova normalidade pode causar ansiedade nos animais.


"Com uma sobrecarga de tempo de qualidade com as suas famílias, os cães estão a construir uma dependência excessiva" explica o especialista em psicologia animal Roger Mugford, ao Times.

Agora, com os donos a regressarem ao trabalho e as crianças às escolas, os cães são os que sofrem mais com a separação. Os gatos, por sua vez, são animais mais independentes, que gostam de ter o seu espaço de tranquilidade.

É importante estares atento ao comportamento do teu melhor amigo de quatro patas. Se ele ladra muito, antes de saíres para o trabalho, ou se anda a roer coisas em casa. Isto podem ser formas de te chamarem a atenção ou de libertarem o stress.



Nestas alturas, vai ser preciso muita paciência e, em último caso, a procura de ajuda especializada.


Os animais são sensíveis e é preciso estares atento. Nesta nova fase, que não é alheia a ninguém, não desvalorizes o comportamento do teu animal, especialmente dos cães.


  • Partilha:

Top